Astute anuncia aquisição da Socialbakers para fortalecer a oferta de experiência do cliente com marketing de mídia social

A Astute Inc., empresa líder em engajamento com o cliente e plataforma Voice of the Customer, anunciou nesta quarta-feira (09) a aquisição da Socialbakers, plataforma líder global em soluções para otimização de performance corporativa em redes sociais. A aquisição permitirá que marcas globais gerenciem pesquisa, conteúdo, engajamento, escuta social e VoC em uma única plataforma de software como serviço (“SaaS”).

A plataforma de marketing de mídia social baseada em inteligência artificial da Socialbakers é usada por mais de 2.500 empresas grandes e de médio porte em todo o mundo. Ela permite que as marcas alcancem e se envolvam com o público em todos os canais de mídia social por meio de uma plataforma unificada. Com os consumidores gastando cada vez mais tempo descobrindo conteúdo, engajando-se com marcas e comprando produtos online, a mídia social se tornou o principal canal para as empresas oferecerem uma experiência excepcional ao cliente, desde o primeiro ponto de contato até o atendimento pós-compra.

As soluções atuais baseadas em inteligência artificial da Astute cobrem uma ampla gama de aplicações, incluindo uma plataforma omnichannel robusta de engajamento do cliente, voz do cliente e sistemas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (“CRM”). A Astute é uma solução para todos os canais em que os consumidores de hoje desejam interagir com as marcas, eliminando o atrito e, ao mesmo tempo, capturando dados próprios para gerar insights sobre os negócios. A empresa tem apoiado iniciativas de melhoria da experiência do cliente de marcas globais por 25 anos.

“Os limites entre atendimento ao cliente, experiência do cliente e marketing estão cada vez mais confusos, apresentando desafios reais para as empresas”, diz Mark Zablan, CEO da Astute. “Combinar as capacidades de marketing de mídia social da líder de mercado, Socialbakers, com o pacote de engajamento da Astute não apenas ajuda nossos clientes a enfrentar este desafio de forma mais eficaz, mas também representa um marco importante na jornada da Astute para se tornar a plataforma de engajamento do cliente que o CCO precisa para ter sucesso.”

“A demanda do consumidor por uma excelente experiência omnichannel significa que as marcas estão procurando uma plataforma unificada para gerenciar a jornada do cliente em todos os pontos de contato”, comenta Yuval Ben-Itzhak, CEO da Socialbakers. “Estamos muito entusiasmados em nos juntar à Astute para fornecer às marcas uma plataforma integrada de experiência do cliente, permitindo que eles ofereçam o melhor em toda a jornada omnichannel. Hoje, muitas marcas já estão aproveitando as plataformas da Socialbakers e Astute, e estamos ansiosos para expandir nossa oferta combinada para marcas e negócios em todo o mundo.”

Esta transação marca um passo importante na missão da Astute de se tornar a plataforma de escolha do CTO. O ímpeto da empresa também é evidenciado por desenvolvimentos recentes, como a adição do experiente executivo de tecnologia SaaS Mark Zablan como CEO, adquirindo percepções de liderança de voz do cliente, trazendo novos parceiros como The Emerson Group e ganhando vários prêmios, incluindo o Prêmio Stevie® 2020 como a Empresa de Tecnologia Mais Inovadora, e do Business Intelligence Group como Melhor Empresa Para Trabalhar.

Gilberto Campos - Mundo Digital

Shoppable Ads: Ferramenta encurta a jornada do cliente e ajuda a ampliar as vendas

A pandemia fez com que as marcas repensassem sua estratégia comercial e publicitária. Embora muitos tenham feito uma pausa nos orçamentos para entender a situação, hoje, grande parte deles, migram para o canal online, levando em consideração a aceleração que a digitalização teve nos últimos meses, bem como os novos hábitos de consumo das pessoas. O e-commerce disparou em números impressionantes. O levantamento mais recente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, divulgado em julho, apontou que o faturamento do e-commerce, nos últimos 12 meses, mais que dobrou, alcançando crescimento de 127,77%. 

A situação no mundo impactou todos os mercados e para a publicidade digital a mudança foi positiva. Este ano, pela primeira vez, se tornou o meio mais relevante em termos de receitas na maioria dos mercados.

“Diante desse novo cenário, o desenvolvimento tecnológico é fundamental para que as marcas possam converter mais visitas em compras, além encurtar a jornada do usuário. Para isso, é fundamental levar em conta as mudanças nos hábitos de consumo dos brasileiros e, assim, passar a oferecer formatos de publicidade adequados voltados às compras online. Esta é a principal finalidade da Shoppable Ads, que permite acesso rápido, simples e intuitivo aos produtos e / ou serviços oferecidos pelas marcas em seus canais digitais”, explica Alberto Pardo CEO e fundador da Adsmovil.

Os benefícios da Adsmovil Shoppable Ads não são voltados apenas para as marcas, que poderão monitorar e otimizar campanhas e produtos ativos em tempo real, mas também aos usuários, que farão suas compras de forma mais fácil, segura e rápida sem sair de casa, permitindo, ainda, a comparação de preços e a escolha de sua loja preferida para aquisição de um determinado produto.

Anúncios com link para compras diretas são uma tendência-chave na publicidade digital, globalmente, pois encurtam a jornada do consumidor da “descoberta à compra de um produto”.

A Adsmovil Shoppable Ads oferece a oportunidade de aumentar o número de conversão, onde a equação é igual a “mais pessoas navegando, mais pessoas comprando”. Nesse ambiente, o consumidor é chamado a fazer compras por meio de um apelo que aparece em um banner publicitário.

“As pessoas mudaram para o canal online e o hábito não desaparecerá quando a pandemia acabar. Por isso, as marcas devem garantir aos consumidores uma experiência perfeita, que agregue informações mais detalhadas e maior variedade de produtos”, acrescenta Pardo

Grandes e reconhecidos players da indústria digital como Facebook, Google e Amazon já possuem soluções próprias e a expectativa é que, até o segundo semestre de 2021, outros lançamentos sejam feitos, em novos formatos, com foco na compra de produtos ou anúncios shoppable.

Esta solução de publicidade digital tem sido reforçada, sem dúvidas, pela pandemia, para responder às necessidades de quem tem aumentado o seu consumo online, para permitir às marcas o aumento das suas vendas, bem como para impactar o seu público-alvo em ambientes favoráveis – e em tempo real – com mensagens relevantes para o consumidor.

Como funcionam os anúncios Shoppable?

Uma vez que o banner do produto aparece para o usuário, enquanto navega em seu dispositivo, ele pode clicar e escolher entre as variedades do produto, bem como comparar seus preços nos diferentes varejistas para, em seguida, selecionar sua loja preferida, e, por último, finalizar a compra. Desta forma, os usuários podem adquirir os produtos de que precisam do conforto de casa e mitigando os riscos de contágio da Covid-19.

Gilberto Campos - Mundo Digital

Veja o passo a passo para montar seu evento online

O novo boom do mercado de entretenimento são os eventos online. E por ser um setor novo, mas em crescimento como alternativa de lazer em meio à pandemia, muitos produtores ainda encontram dificuldades em elaborar e criar no universo digital uma forma de realizar seus projetos. A Sympla, maior plataforma de eventos da América Latina, lançou no início da pandemia o Sympla Streaming, ferramenta de transmissão de eventos ao vivo, 100% online, que já contempla 3 mil eventos cadastrados.

Os eventos, que antes já cumpriam um papel importante para os organizadores, também podem ser desenvolvidos no formato online. “Agora as vantagens para o organizador são ainda maiores, como: alcançar mais pessoas para conhecerem seu produto ou serviço, divulgar conhecimento ou gerar engajamento em tempo real com seu público”, explicou Rodrigo Cartacho, CEO da Sympla.

Veja abaixo as dicas que o time de especialistas em eventos da Sympla montou para elaborar seu evento online da melhor forma possível:

Escolha do tipo de evento
O universo online dá a vantagem de ter na palma das mãos ferramentas que possibilitam realizar diferentes tipos de eventos. Para uma escolha mais assertiva, veja qual seu público-alvo, o objetivo com esta experiência, quais temas são tendências no seu mercado e leve em conta também o cenário externo, como concorrentes.

Tipos de eventos onlin

• Caso você tenha algo a ensinar, o mais adequado é realizar um curso ou workshop. Assim, você poderá entregar o conteúdo de forma criativa, a fim de prender a atenção do seu público e interagir com os participantes para tirar dúvidas.

• Se a sua ideia é gerar encontros com o objetivo de estimular o networking e troca de experiências de profissionais de uma determinada área, faça meetups online. Por meio da plataforma de streaming, os participantes podem desenvolver ideias, fortalecer as comunidades de trabalho, mesmo à distância e manter o contato de forma ativa e criativa com pessoas de diversos locais do país.

• Para gerar discussões com um mediador e palestrantes sobre um tema em específico o melhor é realizar um seminário online. Assim como o presencial, será necessário pensar em palestrantes e temas relevantes que chamem a atenção de seu público. Por meio da plataforma de streaming, você poderá ter um espaço para perguntas e discussões, como no evento presencial.

• Em busca de dinamismo e interação o mais apropriado é gerar um webinar. Criado no universo online, são conferências, palestras ou reuniões realizadas pela internet, geralmente feitos em tempo real para os espectadores, por meio de transmissões de vídeo e áudio.

Montando a estrutura do evento
Quando o evento é migrado para o universo online, há várias preocupações e gastos que o presencial demandava e que são retirados da lista, como o aluguel de um espaço físico, de cadeiras, mesas e de um coffee-break para os participantes, por exemplo. Mas não significa que o produtor não precisará pensar na estrutura do evento no mundo digital. Um dos pontos mais importantes é uma boa conexão de internet, para o sucesso do seu evento e interação do público. Portanto, é fundamental realizar testes antes do início, checar a qualidade do áudio e também ter um ambiente sem ruídos ou eco, para garantir uma experiência de alta qualidade.

Nome do evento online
O nome do evento será a porta de entrada ao seu público-alvo. Nomes curtos são facilmente lembrados, mas cuidado para não fazer algo muito genérico. Lembre-se que esta será a isca para atingir seus participantes. Estratégias de SEO, conjunto de estratégias de otimização de palavras-chave para buscadores, são eficientes meios de divulgação para o seu evento.

Descrição
O texto explicativo sobre o seu evento precisa despertar a atenção do seu público-alvo, dando um breve contexto do que será apresentado e todas as informações necessárias como data, horário, valores e formas de acesso.

Hospedagem do evento
Crie seu evento em uma plataforma de eventos, como a Sympla, pois poderá vender o ingresso e transmiti-lo via Sympla Streaming, que possibilita a venda de ingressos, gestão e transmissão do seu projeto, seja ele pago ou gratuito, em um único lugar.

Divulgação
Investir na divulgação do seu evento é uma estratégia fundamental para garantir o interesse da sua audiência. Para isso, é importante saber qual seu público-alvo, gênero, idade e quais mídias digitais consomem. As redes sociais são fortes meios de divulgação e você pode: criar um evento no facebook, fazer vídeos e fotos para o seu feed do Instagram, fazer postagens interativas nos stories, criar anúncios para as viradas de lotes ou até divulgar textos sobre os resultados do evento no LinkedIn.

Venda de ingressos
Procure uma plataforma, como a Sympla, que unifica os processos e que possibilite vender de forma simples e organizada seus ingressos, mesmo para experiências gratuitas. Assim, você conseguirá ter controle da quantidade de pessoas, locais de participação e recebimentos. Além disso, escolha uma data que não vá de encontro com outros eventos do mesmo público e ofereça opções de pagamento.

Transmissão do evento
Existem diversas plataformas que possibilitam a transmissão de um evento online, sendo elas pagas ou não, como o Sympla Streaming, que possibilita a criação, venda de ingressos e transmissão do evento de forma simples e rápida. Algumas outras ferramentas que podem ser utilizadas são: GoToWebinar, Google Hangouts, WebinarJam. Para escolher a ideal para seu evento, cheque preço, visibilidade da plataforma no mercado, capacidade de salas, quais eventos costuma realizar e também feedback do público que já utilizou.

E como dica final e fundamental, vale ressaltar que o aprendizado sempre é uma das melhores formas de se ter sucesso. Estude seu mercado de atuação, veja as novidades do setor, acompanhe o que outros organizadores estão fazendo para se inspirar. Para outras informações e dicas, acesse o blog da Sympla.

Priscila Mendes é a nova Líder de Transformação da Grey Brasil

Uma das criadoras do selo BuzzFedd Vozes – produtora de entretenimento de inclusão multirracial da plataforma – Priscila Mendes está agora em um novo desafio de sua vida profissional: ocupar a cadeira de Líder de Transformação na Grey Brasil. A nova cadeira do board tem a ambição de aumentar as parcerias da agência, principalmente com startups e clientes focados em tecnologia, inovação e cultura nativa do digital. Mas mais do que fortalecer o conceito de data driven na agência, utilizando sua experiência e conhecimento para direcionar os dados a favor da criatividade e efetividade, Priscila vem trazer para a empresa diversidade para os cargos de liderança.
“Narrativas únicas são perigosas. A diversidade deveria estar presente todos os dias, não apenas quando um cliente tem um job específico, ou quando a sociedade se mobiliza em frizz em torno do assunto. Os cargos de decisão no marketing e na publicidade são em geral ocupados por pessoas parecidas, com o mesmo background, o mesmo modelo de vida. E é aí que acabamos com a mesma agenda e os mesmos protagonistas. É gratificante poder ocupar uma cadeira de liderança em uma agência que realmente tem esse compromisso com a mudança, com projetos como o MovimentAr. Meu objetivo é garantir uma atuação integrada, permitindo que a área de criação, planejamento e conteúdo funcionem como um só time, utilizando big data como vetor para identificar, criar e produzir soluções cada vez mais precisas para cada job. A ideia é unir a força criativa da Grey com parceiros que possam fortalecer uma cultura Data Driven que vai buscar olhar dentro da pluralidade do público de cada marca, deixando o trabalho cada vez mais assertivo e identificável”, comenta Priscila.

“A chegada da Priscila é de extrema importância, pois acreditamos que a mudança começa do topo e deve cascatear para para todos os colaboradores. Representatividade importa. Essa evolução reforça o nosso propósito de transformar a vida das pessoas e impactar positivamente a sociedade”, conclui Luciana Rodrigues, CEO e presidente da Grey Brasil.

A movimentação não é um ato isolado da agência, que desde a mudança do comando no começo do ano com Luciana Rodrigues e Max Geraldo ocupando as cadeiras de CEO e CCO, ambos presidentes, têm movimentado toda estrutura da empresa que existe internacionalmente desde 1917. Com um jeito novo de trabalhar, a Grey está se consolidando cada vez mais como uma agência que está sempre se revisitando para acompanhar as transformações da sociedade e o papel da publicidade no mundo.

PepsiCo busca novos trainees com um desafio instigante e experiência digital única

A PepsiCo, uma das maiores empresas de alimentos e bebidas no mundo, pela primeira vez associa o seu desafio Dare To Do More, que tem como foco oferecer experiências de aprendizados inovadoras, ao programa Next Gen, seu processo seletivo de trainees, garantindo uma jornada de conhecimento pelo mundo PepsiCo para todos(as) os(as) candidatos(as) ao longo do processo seletivo. As inscrições abrem dia 03 de setembro e vão até o dia 30. O programa tem início em janeiro de 2021.

O Dare To Do More (“Ouse fazer mais”, em português) – que abrange os países da América Latina, Europa, Egito e Índia -, é um desafio em que a empresa convida recém-formados(as) e universitários(as) a compartilharem suas competências empreendedoras e ideias inovadoras para o segmento de atuação da companhia, lançando a pergunta “Imagine que a PepsiCo te deu U﹩S 100 mil para explorar a próxima grande tendência no segmento de alimentos e bebidas, qual seria a sua proposta de negócio disruptiva e como você a levaria para o mercado atual?”.

Em 2019, ano de lançamento do Dare To do More, 1.200 talentos brasileiros se inscreveram no desafio e a finalista pôde apresentar a sua ideia para o comitê executivo global da PepsiCo e viveu uma experiência incrível na nossa sede em Nova York. Esse ano, o desafio ganha ainda mais força, se juntando ao programa Next Gen: os(as) vencedores(as) serão os(as) próximos(as) trainees da PepsiCo e ainda poderão apresentar o seu projeto para a liderança global da companhia, além de conhecer os(as) outros(as) vencedores(as) das demais localidades, de modo virtual ou presencial, de acordo com as condições de segurança e saúde.

No total, são 15 vagas para trainees destinadas às áreas de Marketing, Recursos Humanos, Finanças, Operações e Vendas. Podem participar candidatos(as) que concluíram a graduação há até dois anos (dezembro de 2018 ou depois) ou alunos(as) que se formarão até o final de 2020. As inscrições são feitas pelo site: http://daretodomore.pepsico.com/.

Para apoiar e inspirar os talentos nessa missão, durante todo o período de inscrições os(as) candidatos(as) terão acesso a conteúdos exclusivos de imersão ao universo da PepsiCo e de todas as suas marcas mundialmente conhecidas, como DORITOS®, CHEETOS®, LAY’S®, QUAKER®, H2OH!®, KERO COCO®, PEPSI® e tantas outras. Os(as) futuros(as) trainees terão uma experiência digital inovadora, com acesso a mapas interativos sobre a presença da PepsiCo em toda a América Latina, playlists especialmente criadas pelos(as) recrutadores(as) da empresa para inspirar e energizar o momento de concepção do projeto, além de lives com trainees e ex-trainees da companhia, que irão contar sobre suas experiências em processos seletivos anteriores. O processo seletivo, que será 100% virtual, contará com as etapas de envio do business case na plataforma, assessment de perfil comportamental e votações sobre a ideia disruptiva enviada pelos(as) candidatos(as), feitas pelo time de Recursos Humanos, líderes diretos e o comitê executivo da organização.

#PepsiCoLife

A PepsiCo tem entre suas prioridades contribuir com a promoção da equidade de gênero, da diversidade e da inclusão, e com dados efetivos: a operação brasileira já conta com 44% de mulheres em posições de liderança, e a meta é atingir 50% até 2025. A companhia tem 46% de representatividade negra, e tem o compromisso de expandir globalmente em 30% a população de líderes negros(as) até 2025, por meio de desenvolvimento e recrutamento.

Na edição passada, o processo de trainee da PepsiCo trouxe 53% de representatividade racial e 70% de representatividade feminina entre os(as) contratados(as).

“Queremos atrair talentos únicos que se identifiquem com a nossa cultura, tenham valores aderentes aos da PepsiCo e que sejam eles mesmos, sem se preocupar com rótulos. Por isso, o processo seletivo é feito às cegas em relação a gênero, raça, fluência em idiomas ou mesmo universidade e curso que o(a) candidato(a) estuda ou estudou. Eles(as) serão nossos(as) futuros(as) líderes e queremos crescer juntos. E desejamos que todos(as) os(as) candidatos(as) aprendam conosco e contribuam fortalecendo e tornando o nosso ambiente ainda mais diverso”, afirma Thaisa Thomaz, Diretora de Recursos Humanos PepsiCo. “Ao incorporar o Dare To do More ao nosso processo seletivo de trainees, estamos convidando os(as) participantes a trazerem suas melhores ideias e reforçamos nossos motes de ‘Seu Talento. Nosso Palco’ e ‘O que te faz único, nos torna melhores’”, completa a executiva.

Usuários concordam que o WhatsApp deveria encaminhar para a Justiça os dados de quem compartilha fake news

A mais recente pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box – Mensageria no Brasil revelou que 76% dos usuários de WhatsApp concordam que o aplicativo deveria encaminhar para a justiça os dados de quem compartilha fake news. Esta é a primeira vez que o tema “fake news” é abordado pela pesquisa, considerando que este ano haverá eleições municipais no Brasil e o assunto é merecedor de amplo debate na sociedade, incluindo tendo propostas no Congresso Nacional para regular a matéria, além de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, que ainda terá resultados que poderão impactar o modo como o aplicativo de mensageria é utilizado e a maneira como o Facebook, dono do app, vai lidar com a situação. A pesquisa online foi realizada entre 7 e 28 de julho de 2020 e ouviu 2.046 brasileiros com mais de 16 anos de idade que acessam a Internet e possuem celular.

Outra descoberta é que a grande maioria dos brasileiros que usa o app, 88%, afirma que já recebeu notícias falsas. No grupo entre 30 e 49 anos que responderam a esta questão, esta opção é a escolhida por 91% dos entrevistados, enquanto na faixa dos mais velhos, de 50 anos ou mais, o percentual é de 81%.

Ao mesmo tempo, um em cada três brasileiros que usam o WhatsApp (33%) admite que já compartilhou notícias no mensageiro sem verificar se eram verdadeiras. Neste aspecto, a proporção cresce conforme a idade. Entre os mais jovens, de 16 a 29 anos, apenas 29% reconhecem ter feito isso. Na faixa de 30 a 49 anos, o percentual é de 34%. E entre aqueles com 50 anos ou mais o percentual é de 44%. Não há diferenças significativas por classe social, gênero ou região do País. “Aqui, é interessante notar a sinceridade de parte dos brasileiros em reconhecer que já espalhou notícias sem confirmar sua veracidade, ao mesmo tempo em que deseja a punição para quem faz isso”, comenta Fernando Paiva, editor do Mobile Time e coordenador da pesquisa.

Outras descobertas da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box – Mensageria no Brasil

Telegram está presente em 35% dos smartphones brasileiros e mantém crescimento. O aplicativo teve um aumento de 16 pontos percentuais em um ano e de 8 pontos percentuais em apenas seis meses. A popularidade do Telegram é maior entre homens (40%) que entre mulheres (31%). A diferença é ainda maior na análise por classe social. O Telegram é mais popular nas classes A e B (46%) do que nas classes C, D e E (33%). Por idade, sua penetração é maior no grupo de 30 a 49 anos (38%). Na faixa de 16 a 29 anos, 36% dos entrevistados possuem o Telegram instalado. E entre os mais velhos, com 50 anos ou mais, o percentual cai para 24%.

WhatsApp registra aumento em voz e vídeo – A proporção de usuários ativos mensais (MAUs, na sigla em inglês) do aplicativo que trocam vídeos pelo app passou de 67% para 76% em seis meses e a proporção entre os que realizam videochamadas subiu de 55% para 63%. Além disso, 29% dos MAUs do WhatsApp afirmam que fazem videochamadas pelo app todo dia ou quase todo dia. Entre os usuários que realizam videochamadas, a proporção subiu de 55% para 63%. Além disso, 29% dos MAUs do WhatsApp afirmam que fazem videochamadas pelo app todo dia ou quase todo dia. Segundo os organizadores da pesquisa, o crescente interesse do brasileiro por conteúdo em vídeo no aplicativo está possivelmente relacionado à quarentena decorrente do novo coronavírus.

Pagamentos via WhatsApp: cresce o interesse dos usuários – Dois em cada três usuários do app querem usar o WhatsApp Pay. Entre os pesquisados, 44% deles são clientes de um dos três bancos e querem experimentar o pagamento pelo app e outros 22% não são correntistas das referidas instituições mas desejam utilizar o serviço. Outros dados coletados pela pesquisa complementam a análise: atualmente, 78% dos usuários do WhatsApp no Brasil afirmam que se relacionam com marcas e empresas através do mensageiro. Em seis meses, subiu de 54% para 60% a proporção de MAUs do aplicativo que gostam de ideia de fazer compras com ele. Por outro lado, caiu de 61% para 55% o percentual que acha adequado receber promoções de marcas no WhatsApp.

SMS: cai frequência de envio de mensagens pelos consumidores – Ao passo que o WhatsApps se consolida como aplicativo de mensageria preferido dos usuários, a frequência de envio de SMS pelos brasileiros diminuiu ainda mais nos últimos seis meses. A proporção de internautas com celular que mandam “torpedos” todos os dias ou quase todo dia era de 24% em janeiro e agora está em 17%. O percentual que afirma nunca ou quase nunca escrever um SMS subiu de 45% para 57%, no mesmo intervalo. A frequência de recebimento de SMS continua alta e no mesmo patamar, indicando que o mercado de SMS A2P, como é conhecido o serviço de mensagens de texto enviadas por empresas para seus clientes, continua forte. A pesquisa não apurou alterações significativas em seis meses: 59% dos entrevistados declararam receber SMS todo dia ou quase todo dia e apenas 15% dizem que nunca ou quase nunca recebem.

Os organizadores da pesquisa esperam que haverá impacto do lançamento no Brasil do serviço de Rich Business Messaging (RBM), anunciado por Google e pelas quatro maiores operadoras do País (Claro, Oi, TIM e Vivo), sobre estes números. “Trata-se da evolução do SMS A2P, mas usando a tecnologia RCS, que permite envio de conteúdo multimídia. A novidade está disponível tanto para a troca de mensagens entre usuários finais como para envio de mensagens por empresas para suas bases de clientes”, comenta Fernando Paiva.

Outros números sobre o comportamento dos usuários brasileiros de smartphones no uso de serviços mensageria podem ser vistos ao baixar a pesquisa, produzida a partir de uma parceria entre o site de notícias Mobile Time e a empresa de soluções de pesquisas Opinion Box. Esta edição tem o oferecimento da Infobip. Para obter o estudo: http://panoramamobiletime.com.br/

Gilberto Campos - Mundo Digital

Finais dos estaduais e início do Campeonato Brasileiro mantêm alto patamar de adesão às redes sociais dos clubes de futebol no Brasil

O IBOPE Repucom destaca a manutenção alto volume de crescimento de novas inscrições nas plataformas oficiais dos clubes de futebol no Brasil. A definição dos campeões estaduais e o início do Campeonato Brasileiro contribuíram para a manutenção do forte crescimento pós paralisação do futebol. Apenas no último mês, foram registradas 4 milhões de novas inscrições. Este é o segundo maior volume mensal de novas inscrições desde janeiro de 2017, atrás apenas do recorde histórico de 4,7 milhões registradas no mês de julho/2020.

O Flamengo liderou o crescimento mensal pelo 20º mês consecutivo ao somar 980 mil novos inscritos, sobretudo em seu TikTok (51% do total). Desde janeiro de 2019 o clube somou 13,9 milhões de novos inscritos e viu sua base digital aumentar quase 40% no período. Assim como em julho, além de liderar o crescimento geral, o clube ainda foi líder de crescimento em todas as demais plataformas.

O Corinthians ultrapassou a marca de 24 milhões de inscrições no cominado de suas redes oficiais. Ao todo, foram 624 mil inscrições, seu melhor desempenho mensal de 2020. Seu perfil oficial no TikTok foi responsável por 65% de todas as inscrições do clube.

O Palmeiras fechou o pódio ao somar 410 mil inscritos em suas redes e registrar seu melhor desempenho no ano e possivelmente motivado pela conquista do Campeonato Paulista. O resultado alviverde de somente do mês de agosto foi similar ao acumulado do clube entre janeiro a julho (426 mil inscrições). De cada 10 novas inscrições palmeirenses no último mês, 6 vieram de seu perfil recém-criado no TikTok, que conta com mais de 400 mil inscritos e já é o 4º maior entre os clubes de futebol brasileiros.

Pelo segundo mês consecutivo o Vasco figurou entre os maiores crescimentos do ranking. O clube obteve o quarto maior crescimento (235 mil) com participação de 35% da “Vasco TV”, seu canal oficial no YouTube e de 32% de sua conta no TikTok.

O São Paulo completa o TOP 5 maiores desempenhos mensais de agosto. O Tricolor Paulista agregou 234 mil novos inscritos à sua base digital, 74% deles via seu perfil no TikTok. O clube é o com maior participação do TikTok em seu resultado mensal entre os 10 maiores clubes do ranking

O Internacional somou mais de 100 mil novos inscritos, ultrapassou a Chapecoense e, após 45 meses, voltou a figurar entre os 10 maiores clubes do ranking. Para atingir este resultado, o Colorado contou com seu TikTok, que foi responsável por 65% dos novos inscritos do clube.

Pelo segundo mês consecutivo, o TikTok foi a principal fonte de novos inscritos para os clubes de futebol no Brasil. Cerca de 60% dos clubes com perfis oficiais na plataforma, ou seja, para 25 dos 42 clubes a maioria de seus novos inscritos são originárias da nova rede social. Atualmente, os clubes nacionais somam 6,2 milhões de inscritos em seus perfis no TikTok, com crescimento de mais de 200% desde maio/2020, quando entrou oficialmente para a medição regular do IBOPE Repucom.

O Paraná avançou duas posições e figura na 32ª posição, enquanto CRB, Vila Nova, Red Bull Bragantino e Atlético Goianiense avançaram uma posição cada. Destaque para o Campinense, que ultrapassou o Londrina e conquistou a 50ª posição, passando a figurar no ranking digital, segundo critério do estudo.

Veja abaixo o levantamento completo:

Fonte: IBOPE Repucom – Ranking digital dos clubes brasileiros
Link: http://www.iboperepucom.com/br/rankings/ranking-digital-dos-clubes-brasileiros-set-2020/
O levantamento é divulgado mensalmente pelo IBOPE Repucom e tem o objetivo de acompanhar o desenvolvimento das bases digitais dos 50 clubes com o maior número de seguidores do país.

Chocolate mantém consumo em 73% dos lares brasileiros na pandemia

Análise encomendada pela Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab) ao Instituto Kantar sobre o consumo de chocolates no 1º semestre de 2020 indicou que a categoria manteve o patamar de penetração nos lares brasileiros, mesmo durante a pandemia. O total de lares com consumo de chocolate ficou em 73% no 1º semestre, mesmo índice alcançado no mesmo período de 2019. As informações compreendem a categoria de produtos regulares – como tabletes e bombons, por exemplo).

O volume médio de chocolate consumido por lar foi de 3,8 kg, retração de 11,8% na comparação com o 1º semestre do ano anterior, atribuída à queda geral do consumo fora do lar. A quantidade de vezes em que o consumidor foi ao ponto de venda para comprar chocolate no semestre não apresentou alteração, ficando em 4,4 vezes. “Apesar da retração no volume, esperada em função do cenário, o hábito de consumo se mantém, o que é importante para a retomada”, diz o presidente da Abicab, Ubiracy Fonsêca.

As indústrias se ajustaram à demanda e produziram menos no semestre. De acordo com levantamento da Abicab, a produção de chocolates foi de 216 mil toneladas, 22% menor em relação ao mesmo período de 2019.

Em relação aos canais de compra, análise da Kantar indica que o autosserviço (mercado), que representou 36,6% do volume no semestre, ganhou 3,3 milhões de novos lares, indicando mudança para um modelo de compra de abastecimento. O crescimento neste canal foi puxado especialmente pelo pequeno varejo.

O consumo do produto no 1º semestre esteve concentrado na Classe AB (30%), shopper acima de 40 anos (63%) e em lares com filhos (monoparentais 28% e casais com crianças ou pré-adolescentes com 38%). “As embalagens maiores são privilegiadas nesse contexto, pois o perfil de público atual busca os produtos que favorecem as situações de compartilhamento, o que difere da situação pré-pandemia, em que o consumo fora de casa favorecia as porções individuais. A indústria acompanha essas mudanças e possui um amplo portfólio para atender as necessidades do consumidor”, explica Fonsêca.

Mais contexto aos Assuntos do Momento no Twitter

Os Assuntos do Momento ajudam a mostrar as conversas que estão acontecendo no Twitter. Mas muitas vezes perguntamos: “por que isso está trendando?”. Essa pergunta foi Tweetada mais de meio milhão de vezes no ano passado! Claramente, muitas vezes não fica óbvio o motivo de algo estar nos Assuntos do Momento. Mas deveria ficar.

Em todo o Twitter, temos trabalhado para trazer às pessoas mais contexto sobre o que está acontecendo, com avisos e alertas em Tweets e contas, bem como com páginas de curadoria (também conhecidas como Moments). Para facilitar ainda mais o entendimento das conversas em destaque pelas pessoas, estamos adicionando Tweets fixados e descrições a alguns Assuntos do Momento.