Tag marketing digital

Marcelo Tripoli lança a Zmes

Começa a operar oficialmente hoje a Zmes, agência de marketing digital fundada por Marcelo Tripoli, ex-vice-presidente e sócio-associado da consultoria McKinsey e um dos nomes mais respeitados do setor no país. A Zmes, palavra que em eslovaco significa mistura, se apoia em três pilares: consultoria para realizar diagnósticos profundos que calculam o potencial financeiro para a realidade de cada cliente, criação e conteúdo, fundamental para conectar marcas aos consumidores, e tecnologia de ponta, com uso intensivo de recursos de inteligência artificial e análise de dados através de ferramentas proprietárias. “Temos um modelo único, sem paralelo no mercado”, diz Tripoli. “Não somos uma agência. Somos uma pós-agência, um parceiro que leva nossos clientes à máxima performance em marketing digital.”

A Zmes é apoiada por um grupo de sócios-investidores que reúne alguns dos principais empresários e executivos do país: Miguel Krigsner e Artur Grynbaum, fundador e CEO de O Boticário, Helio Rotenberg, fundador e CEO da Positivo Tecnologia, e Claudio Loureiro, fundador da Heads Propaganda. Juntos, eles investiram 18 milhões de reais e possuem 42,5% da Zmes. Marcelo Tripoli, sócio gestor com outros 42,5% de participação, é o principal executivo da companhia. Os demais 15% pertencem ao grupo de profissionais que forma a liderança da Zmes.

São executivos com experiências com consultorias estratégicas, agências e empresas de tecnologia. Henrique Makauskas, ex-Tech Leader do marketplace de moda Dafiti, lidera a frente de tecnologia e dados. Giuliana Viscardi, responsável pela criação e na tradução de dados em storytellings capazes de engajar a audiência desejada. Tem passagens pela Cubo, Vice e B/Ferraz onde criou e liderou o programa de Influenciadores da AMBEV. Marta Oliveira, responsável por estratégia de marcas, jornada do consumidor, gestão dos squads e relacionamento com cliente, traz a visão dos CMOs. Trabalhou durante 10 anos na Pepsico em posições de liderança e atuou em consultorias de branding e inovação para marcas como Ambev, BRF, Nestlé e Kimberly-Clark. Ex-sócio-associado da McKinsey, com passagens anteriores pela Accenture e EY, Ricardo Tassi lidera as áreas de delivery excellence e data analytics. Além das funções ligadas à entrega de projetos, Tassi é também o CFO da Zmes.

Modelo Único

O modelo de atuação da empresa sempre começa com um diagnóstico profundo das carências e oportunidades do marketing digital do cliente que sempre é quantificada em potencial de aumento de receita e lucratividade. A partir daí, definem-se as ferramentas que serão utilizadas, os processos mais efetivos e o perfil da equipe. Cada time é composto por profissionais de planejamento, tecnologia, mídia e criação, atua integrado, in-house e é 100% dedicado ao cliente.

A Zmes está presente em toda a jornada do consumidor — das estratégias de branding e awareness às táticas de performance para maximizar a conversão passando também pela otimização da jornada de compra e a fidelização com o CRM. Um time de desenvolvedores, arquitetos e cientistas de dados usa a inteligência artificial para automatizar processos e personalizar as campanhas, de forma que cada consumidor receba mensagens e ofertas de acordo com seus hábitos, comportamentos e necessidades. “Com isso, garantimos um aumento de pelo menos 20% em receitas e margens”, afirma Tripoli.

O modelo de remuneração é predominantemente variável — a maior parte do pagamento da agência fica atrelada ao atingimento das metas estabelecidas no início de cada campanha. A Zmes trabalhará com tecnologia proprietária. Um grupo de desenvolvedores e cientistas de dados se dedica à produção de ferramentas específicas. “Nos últimos seis meses, as empresas avançaram cinco anos na transformação digital”, diz Marcelo Tripoli. “Essa é uma revolução que só começou. A Zmes não poderia ter surgido num momento mais propício.”

Tags, , , ,

Locaweb anuncia aquisição da Social Miner

Líder em serviços de internet no Brasil para empresas de pequeno e médio portes, a Locaweb anuncia a aquisição da Social Miner , empresa que oferece tecnologia e soluções para e-commerces e varejistas aumentarem as vendas, conversões e diminuírem o custo de aquisição de clientes, usando big data e inteligência artificial. A plataforma permite interações em tempo real com os visitantes dos e-commerces, através de mensagens comportamentais, web pushes personalizados e outros canais inteligentes, sempre alinhado à estratégia definida pelo cliente.

Através de inteligência artificial, Big Data e Machine Learning, a plataforma permite impactar o usuário no melhor momento, com o conteúdo individualizado, no canal correto, aumentando com isso as vendas, reduzindo custo de mídia dos nossos clientes e diminuindo o custo de aquisição de novos usuários, ao mesmo tempo que aumenta o Life Time Value (LTV) dos consumidores.

“Sempre apoiamos as empresas e já temos dezenas de serviços para ajudá-los no processo de digitalização de suas operações. Além de atuarmos em presença digital e SaaS, desde 2012 ampliamos e demos muito foco no nosso portfólio de e-commerce e marketing digital, oferecendo soluções que vão desde plataformas para quem quer montar um e-commerce, até ferramentas de marketing para impulsionar as vendas deles.”, afirma Fernando Cirne, CEO da Locaweb.

“Estamos animados em divulgar ao mercado a primeira e extremamente importante aquisição depois da abertura de capital, que ocorreu em fevereiro deste ano. Como sempre fazemos em nossos processos de M&A, fomos extremamente cautelosos e avaliamos centenas de empresas para chegarmos até a Social Miner, foi a escolha perfeita por reunir um produto de extrema qualidade, com um time brilhante. Estamos falando de uma solução que complementará o nosso portfólio, com potencial de gerar cross sell e consistente com a estratégia da companhia de oferecer o maior e mais completo ecossistema para apoiar nossos varejistas no processo de aceleração de suas vendas”, afirma Cirne.

Fundada em 2014, a Social Miner é uma empresa que oferece plataforma SaaS para e-commerces e varejistas aumentarem vendas, engajamento de consumidores, conversão de fluxos de visitantes para cadastros e/ou compras e diminuírem o custo de aquisição de clientes, utilizando big data e inteligência artificial.

Com a integração das soluções da Social Miner, que possui um produto consolidado no mercado, e da All iN – empresa adquirida pela Locaweb em 2013, passamos a oferecer uma suíte completa de serviços que acompanha toda a jornada do consumidor para e-commerces e varejistas de todos os segmentos e tamanhos. Algumas grandes marcas como Natura, Wine, Kabum, Droga Raia / Drogasil, já utilizam a Social Miner para aumentarem as suas vendas, e agora, toda essa tecnologia poderá potencializar as vendas de milhares de clientes da nossa plataforma de e-commerce Tray.

Em média, apenas 1.5% dos visitantes de uma loja online concluem a compra. A Social Miner ajuda a transformar toda essa audiência restante em potenciais compradores. Para isso, utiliza soluções de cadastro e automação de campanhas de marketing ao longo da jornada de compra, otimizando o custo de aquisição (CAC) e aumentando o valor do ciclo de vida do cliente (Life Time Value- LTV).

Com a fusão das soluções da Social Miner e da All iN, passamos a oferecer uma suíte completa de serviços que acompanha toda a jornada do cliente e, por meio de inteligência artificial, Big Data e Machine Learning, poderemos definir o melhor momento para impactar o usuário, com o conteúdo individualizado, no canal correto, aumentando com isso as vendas , reduzindo custo de mídia dos nossos clientes e diminuindo o custo de aquisição de novo usuário ao mesmo tempo que aumentamos o Life Time Value dos consumidores “, afirma Victor Popper , diretor da All iN.

“A Social Miner nasceu com a missão de ajudar as empresas a humanizarem suas relações com seus clientes através da tecnologia e dados, e com isso obterem melhores resultados” afirma Ricardo Rodrigues, cofundador e CEO da Social Miner.

“Decidimos nos unir a Locaweb por entendermos que as nossas soluções são extremamente complementares às da All iN e pelo potencial de conexão em todo o ecossistema da companhia, que deverá acelerar nosso crescimento exponencialmente. Também compartilharmos a mesma visão e cultura focada em pessoas e valorizamos o histórico de sucesso em todos os M&As realizados anteriormente pela Locaweb ” completa Rodrigues.

Seguindo o modelo de atuação da Locaweb em outras aquisições, Ricardo Rodrigues e seu sócio Roger Mattos permanecerão à frente da operação com total autonomia operacional, mantendo também os colaboradores.

Tags, ,

SEMrush aponta tendências de marketing digital para e-commerce em 2020

A SEMrush , líder global em marketing digital, realizou um estudo para compreender as tendências do setor para e-commerces ainda em 2020 e os impactos da pandemia no comportamento do consumidor. Para isso, foram coletados e analisados dados recentes de mais de 2.000 dos sites de e-commerce mais acessados do mundo em várias categorias, incluindo moda, eletrônicos de consumo e saúde e beleza para determinar qual será a nova cara do marketing digital.

Entre alguns dados, a análise revela que as mudanças no cenário de e-commerce e nos padrões de compras dos consumidores já estão presentes. As pesquisas mensais para termos de “comprar online” (buy online) quase dobraram no primeiro mês da pandemia: houve mais de 27.500 consultas em março de 2020 em comparação a mais de 14.800 em fevereiro de 2020 em todas as categorias. Ao analisarmos a tendência anual geral para junho (2019 x 2020), essas pesquisas aumentaram em 50% globalmente. No mundo inteiro, as pesquisas por serviços de entrega de comida aumentaram em média 180%, e o crescimento médio do tráfego anual de sites de e-commerce na primeira metade de 2020 foi de 30%. “Importante destacar que, apesar dos dados trazerem uma perspectiva global em relação aos e-commerces, são tendências que se refletem no mercado brasileiro também. Já apontamos em outro estudo o quanto é importante fortalecer o nome da marca e como os grandes players têm origem de tráfego direto no Brasil também”, aponta Erich Casagrande, Gerente de Marketing da SEMrush no Brasil.

Os dados reunidos pela SEMrush por meio da Análise de Tráfego mostram que o tráfego mensal médio de e-commerce global em todos os setores fica em torno de 17 bilhões. Normalmente, espera-se picos em novembro e dezembro, quando os consumidores se voltam para as lojas online devido a promoções de final de ano e a Black Friday, mas a pandemia provocou algumas mudanças inesperadas no cenário de e-commerce. Os picos de tráfego de sites de e-commerce durante o segundo trimestre foram maiores que os picos tradicionais que encontramos normalmente durante novembro e dezembro, mas, surpreendentemente, o tráfego continuou a crescer em junho de 2020. Importante destacar que essa também foi uma tendência apontada pela pesquisa da SEMrush e WebEstratégica realizada com os 100 maiores e-commerces do Brasil – onde o tráfego direto foi predominante.

O crescimento no tráfego permaneceu consistente durante os meses da pandemia (março a junho de 2020), com a média de 36% em todas as categorias de e-commerce. Com exceção dos varejistas gerais como Amazon, Walmart e eBay, as categorias de casa e jardim, alimentação e esporte & outdoor são as que mostram maior crescimento no tráfego durante esse período, com 40% a 50% em relação ao ano anterior.

Busca por produtos

Devido ao surto do coronavírus, o interesse do consumidor em compras online aumentou em todos os setores, de necessidades diárias a compras mais robustas, como notebooks, cujas pesquisas online cresceram 123% anualmente durante o segundo trimestre.

A média de volume médio de pesquisa mensais do primeiro semestre de 2019 até o primeiro semestre de 2020 mostra mudanças interessantes. Sabonete para as mãos chegou às primeiras 5 posições dos produtos mais pesquisados no setor de saúde este ano, com a média de pesquisas mensais na primeira metade de 2020 em 638.400 em nível mundial (em comparação a 74.000 no mesmo período do ano passado). Curiosamente, os outros produtos das 5 primeiras posições de saúde continuam parecidos com a comparação anual, então essa mudança está claramente relacionada à pandemia.

Com cada vez mais pessoas trabalhando em casa, as pesquisas de webcams (3.045.00 no primeiro trimestre de 2020 x 1.000.000 em 2019) substituíram as de drones em nossa análise anual dos produtos mais pesquisados da categoria de eletrônicos de consumo.

Por fim, o setor de casa e jardim também indica algumas alterações no interesse dos consumidores em transformar lares em espaços de trabalho, com as pesquisas de cadeira para escritório (1.254.000 x 417.200) superando as de colchões. “De qualquer modo, dados como esses, ressaltam o quanto é importante analisar o mercado, a concorrência e ter ideias para aplicar. Por exemplo, com a quarentena, CTAs com apelo de “entrega no mesmo dia”, “frete grátis”, “garantia”, se tornaram mais importantes até mesmo que “descontos”, finaliza Casagrande.

Para ver o estudo completo, acesse:http://pt.semrush.com/blog/tendencias-de-marketing-digital-para-ecommerce/

Tags, , , ,

Astute anuncia aquisição da Socialbakers para fortalecer a oferta de experiência do cliente com marketing de mídia social

A Astute Inc., empresa líder em engajamento com o cliente e plataforma Voice of the Customer, anunciou nesta quarta-feira (09) a aquisição da Socialbakers, plataforma líder global em soluções para otimização de performance corporativa em redes sociais. A aquisição permitirá que marcas globais gerenciem pesquisa, conteúdo, engajamento, escuta social e VoC em uma única plataforma de software como serviço (“SaaS”).

A plataforma de marketing de mídia social baseada em inteligência artificial da Socialbakers é usada por mais de 2.500 empresas grandes e de médio porte em todo o mundo. Ela permite que as marcas alcancem e se envolvam com o público em todos os canais de mídia social por meio de uma plataforma unificada. Com os consumidores gastando cada vez mais tempo descobrindo conteúdo, engajando-se com marcas e comprando produtos online, a mídia social se tornou o principal canal para as empresas oferecerem uma experiência excepcional ao cliente, desde o primeiro ponto de contato até o atendimento pós-compra.

As soluções atuais baseadas em inteligência artificial da Astute cobrem uma ampla gama de aplicações, incluindo uma plataforma omnichannel robusta de engajamento do cliente, voz do cliente e sistemas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (“CRM”). A Astute é uma solução para todos os canais em que os consumidores de hoje desejam interagir com as marcas, eliminando o atrito e, ao mesmo tempo, capturando dados próprios para gerar insights sobre os negócios. A empresa tem apoiado iniciativas de melhoria da experiência do cliente de marcas globais por 25 anos.

“Os limites entre atendimento ao cliente, experiência do cliente e marketing estão cada vez mais confusos, apresentando desafios reais para as empresas”, diz Mark Zablan, CEO da Astute. “Combinar as capacidades de marketing de mídia social da líder de mercado, Socialbakers, com o pacote de engajamento da Astute não apenas ajuda nossos clientes a enfrentar este desafio de forma mais eficaz, mas também representa um marco importante na jornada da Astute para se tornar a plataforma de engajamento do cliente que o CCO precisa para ter sucesso.”

“A demanda do consumidor por uma excelente experiência omnichannel significa que as marcas estão procurando uma plataforma unificada para gerenciar a jornada do cliente em todos os pontos de contato”, comenta Yuval Ben-Itzhak, CEO da Socialbakers. “Estamos muito entusiasmados em nos juntar à Astute para fornecer às marcas uma plataforma integrada de experiência do cliente, permitindo que eles ofereçam o melhor em toda a jornada omnichannel. Hoje, muitas marcas já estão aproveitando as plataformas da Socialbakers e Astute, e estamos ansiosos para expandir nossa oferta combinada para marcas e negócios em todo o mundo.”

Esta transação marca um passo importante na missão da Astute de se tornar a plataforma de escolha do CTO. O ímpeto da empresa também é evidenciado por desenvolvimentos recentes, como a adição do experiente executivo de tecnologia SaaS Mark Zablan como CEO, adquirindo percepções de liderança de voz do cliente, trazendo novos parceiros como The Emerson Group e ganhando vários prêmios, incluindo o Prêmio Stevie® 2020 como a Empresa de Tecnologia Mais Inovadora, e do Business Intelligence Group como Melhor Empresa Para Trabalhar.

Gilberto Campos - Mundo Digital

Tags, , , , ,