Author admin

Consumo total das rádios nas plataformas digitais tem aumento de 52,35% no segundo trimestre

Realizado pela Nextdial, a segunda edição do NextOnDial, primeiro estudo detalhado da audiência nas plataformas digitais dos radiodifusores no Brasil, revela um total de 75.062.634 impactos no segundo trimestre, um aumento de 16,82% em relação aos 64.252.742 do estudo anterior. O consumo total passou de 170 horas para 259 horas, um aumento de 52,35% no período.

A auditoria contou com a participação de 116 emissoras FM brasileiras com presença nos meios digitais e os números reiteram que os brasileiros ouvem sua rádio preferida em 05 dispositivos: smartphone, desktop, videogame, smart speaker e smart TV, e consideram o alcance de ouvintes únicos e o tempo médio direto do servidor de streaming das emissoras assinantes da tecnologia Nextdial Intelligence.

Para o estudo foram coletadas a data e hora de início do impacto; data e hora de término do impacto; o tempo total contabilizado pelo servidor de streaming; o IP do ouvinte; e os identificadores de ouvintes de aplicação (site ou aplicativo que o ouvinte usou) gerados pela Nextdial. O estudo não considera a audiência do dial nos aparelhos analógicos tradicionais.

Segundo a Nextdial, no período de realização da pesquisa NextOnDial 20-Q2, algumas emissoras que haviam participado do estudo anterior solicitaram o cancelamento da auditoria e novas emissoras passaram a ser auditadas. “Os resultados compartilhados são e sempre serão valores consolidados, não sendo permitido individualizar qualquer emissora participante”, comenta Thiago Fernandes, diretor da Nextdial e coordenador do estudo.

Segundo ele, foram aplicadas duas métricas para a elaboração do levantamento: ALC30# para pessoas diferentes que ouviram uma determinada emissora em um período de 30 dias; e TMED# para apontar quanto tempo os ouvintes estiveram sintonizados na emissora durante o período. Para calcular o alcance da audiência e o consumo de rádio é sempre considerado o número de pessoas diferentes que ouviram uma determinada emissora, por pelo menos um minuto, em um período de tempo definido e excluindo impactos de “preloading” (que é definido pelos dados baixados do servidor de streaming com o objetivo de melhorar a percepção de velocidade de um aplicativo ou navegador Internet), além de impactos mal formatados e padrões não humanos.

Os resultados do NextOnDial 20-Q2

Consumo Total: A média de horas consumidas com rádio digital, de segunda a domingo das 5h à meia noite, chegou a 63 horas em abril (contra 58 horas de janeiro), 89 horas em maio (contra 52 horas de fevereiro) e 109 horas em junho (contra 60 horas de março). O consumo médio de horas no primeiro semestre foi de 71 h 48 min, somando-se as médias dos meses de Q1. O consumo total acumulado passou de 170 horas em Q1 para 259 horas em Q2, um aumento de 52,35% no período, que somam 340 horas no primeiro semestre do ano.

Alcance: Nos meses de abril, maio e junho, ao longo da manhã o alcance aumenta até chegar ao pico do dia, entre 11h30min e 12h30min, chegando a 84 mil ouvintes (contra 60 mil de Q1). Entre 05h e 06h a média chegou a 10 mil ouvintes (contra 8 mil do Q1). No meio da tarde, entre 15h e 16h, a média registrada foi de 69 mil ouvintes (contra 51 mil de Q1), enquanto no final da noite, a partir das 23h, o alcance chegou a 23 mil ouvintes (contra 18 mil de Q1). Comparado com Q1, obtemos uma média de 44 mil ouvintes mensais ao longo do primeiro semestre de 2020.

Os consumo por dispositivos

No desktop em abril foram 28 h 18 min horas consumidas (contra 19 h 42 min de janeiro); em maio 38 h 06 min (contra 20 h 48 min de fevereiro) e em junho 43 h 13 min (contra 26 h 06 min de março). Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 29 h 19 min consumidas. O alcance no desktop no início da manhã (das 05h às 09h) chegou a 17 mil ouvintes diferentes (contra 11 mil de Q1). O pico das 12h às 13h foi de 22 mil ouvintes diferentes (contra 12 mil de Q1) ouvintes; no meio da tarde, das 15h às 16h, alcançou 17 mil diferentes (contra 10 mil de Q1) . No final da noite, das 23h à 0h, foram contabilizados 8 mil ouvintes diferentes (contra 6 mil de Q1). No semestre a média acumulada é de 12 mil e 457 ouvintes diferentes impactados pelo desktop.

No mobile em abril, o tempo médio de consumo acumulou 27h 42 min (contra 19h 30 min de janeiro); em maio foram 37 h 35 min (contra 20h 36 min de fevereiro), e em junho 42 h 48 min (contra 26 h 06 min março). Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 29 h 04 min de consumo. O alcance no mobile no início da manhã (das 05h às 09h) chegou a 16 mil ouvintes diferentes (contra 11 mil de Q1); no pico das 12h às 13h com 23 mil ouvintes diferentes (contra 14 mil de Q1); no meio da tarde, das 15h às 16h, foram 16 mil ouvintes diferentes (contra 10 mil de Q1). No final da noite, das 23h à 0h, foram 8 mil ouvintes diferentes (contra 6 mil de Q1). A média no semestre chegou a 12 mil e 108 ouvintes diferentes.

Na Smart TV o mês de abril totalizou 37 h 06 min (contra 25 h 16 min de janeiro), em maio foram (contra 29 h 28 min de fevereiro) e em junho 69 h 34 min (contra 37h 25 min de março). Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 42 h e 37 min de consumo. O alcance em Smart TV no início da manhã (das 05h às 09h) chegou a 18 ouvintes diferentes (contra 13 de Q1); no pico das 12h às 13h com 204 ouvintes diferentes (contra 142 ouvintes diferentes de Q1); no meio da tarde, das 15h às 16h, foram 422 ouvintes diferentes (contra 223 de Q1). No final da noite, das 23h à 0h, 116 ouvintes diferentes (contra 81 de Q1). Ao final do semestre, obtivemos a média de 227 ouvintes diferentes.

No Smart Speaker, o consumo em abril totalizou 29h 02 min (contra 14 h 55 min de janeiro), em maio 29 h min (contra 15 h e 52 min de fevereiro), e em junho foram 21 h 12 min (contra 21 h de março). Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 23 h e 28 min de consumo. O alcance no Smart Speaker no início da manhã (das 05h às 09h) chegou a 521 ouvintes diferentes (contra 322 de Q1); no pico das 12h às 13h foram 1.047 ouvintes diferentes (contra 474 de Q1); no meio da tarde, das 15h às 16h, obtivemos 755 ouvintes diferentes (contra 365 de Q1). No final da noite, das 23h à 0h, foram 279 ouvintes diferentes (contra 186 de Q1). No semestre obtivemos a média de 443 ouvintes diferentes que consumiram rádio digital pelo dispositivo.

A partir dos consoles de videogames, o consumo de rádio em abril foi de 02 h 17 min (contra 02 h 24 min de janeiro); em maio, foram 06 h 29 min (contra 02 h 20 min de fevereiro). Em junho, 6 h 48 min (contra 3h 22 min de março). Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 3 h e 53 min de consumo. O alcance no videogames no início da manhã (das 05h às 09h) teve 02 (Em Q1, também 01 ouvinte); no pico das 12h às 13h com 04 ouvintes diferentes (contra 03 de Q1); no meio da tarde, das 15h às 16h, teve 03 ouvinte diferentes (contra 01 de Q1). No final da noite, das 23h à 0h, com 02 ouvintes diferentes (contra 01 ouvinte de Q1). Ao final do semestre, obtivemos a média de 02 ouvintes diferentes que consumiram rádio digital pelo dispositivo.

Agregadores

Nos agregadores, em abril foram totalizadas 11 h 42 min (contra 06 h 54 min de janeiro); em maio foram 13h 42 min (contra 08 h 21 min de fevereiro). Em junho, 13h 52 min (contra 08h 13 min de março), totalizando uma média de 10h 21 minutos no semestre. Ao final do primeiro semestre obtivemos uma média de 9 h e 49 min de consumo. O alcance dos agregadores em Q2 foi de 39 h 48 min (contra 27 h 28 min).

Abrangência: estados e território nacional

O alcance fora da cobertura local da rádio foi de 54,19% (contra 49,81% de Q1). O estado com maior alcance foi São Paulo, com 981 mil (contra 800 mil de Q1). O Paraná aparece na segunda posição com 142 mil (contra 167 mil de Q1), seguido de Minas Gerais com 102 mil (contra 80 mil em Q1) e Rio de Janeiro, com 77 mil 692 contra 61 mil e 559 no 20-Q1.

Escala nacional e internacional

Também neste novo NextOnDial, o consumo do conteúdo das emissoras brasileiras por ouvintes localizados fora do território nacional se manteve estável e pouco expressivo, o que pode ser observado nos trimestres analisados. Em 20-Q1 a escala nacional chegou a 95,09%, e a internacional ficou em 4,91%. Agora, foi registrado uma leve queda para 94,21% para nacional, ficando 5,79% para a internacional, um leve acréscimo de pouco mais de 01 ponto percentual em comparação a Q1.

Redes sociais, messengers e serviços cloud utilizados pelos colaboradores estão na mira dos hackers

As plataformas que os colaboradores mais acessam nos dispositivos corporativos também estão entre as mais exploradas pelos hackers. Ao mesmo tempo, muitas delas não têm o uso limitado pelas empresas. A constatação vem de um novo levantamento da empresa de cibersegurança Kaspersky, que traz ainda um alerta para as organizações: a falta de cuidados em relação à navegação dos funcionários pode criar uma porta de entrada para os cibercrimonosos acessarem o ambiente corporativo.

De acordo com os dados da Kaspersky¹, os cinco serviços web que os colaboradores acessam com maior frequência a partir dos dispositivos das empresas são: YouTube, Facebook, Google Drive, Gmail e WhatsApp. Essas mesmas plataformas estão também entre as mais exploradas para ciberataques. Um levantamento da Kaspersky² feito entre abril e setembro deste ano mostrou que os cinco aplicativos mais atacados por phishing foram: Facebook (4,5 milhões de tentativas de ataque), WhatsApp (3,7 mi), Amazon (3,3 mi), Apple (3,1 mi) e Netflix (2,7 mi). As plataformas da Google, incluindo o YouTube, Gmail e Google Drive, ocuparam a sexta posição da lista, com 1,5 mi de tentativas de phishing. A Kaspersky constatou, ainda, que as plataformas mais suscetíveis a terem o uso limitado pelas empresas em seus dispositivos são: Facebook, Twitter, Pinterest, Instagram e LinkedIn.

Para os analistas da empresa de cibersegurança, as restrições à navegação dos funcionários podem ser motivadas por diferentes razões, como o cumprimento de regulamentos de dados ou para seguir requisitos específicos internos de uso das redes sociais. E embora incluam o Facebook, que é altamente explorado para ataques, as restrições não abrangem o uso dos messengers, troca de arquivos ou serviços de e-mail – provavelmente, porque são frequentemente utilizados para fins de trabalho, bem como para necessidades pessoais.

“Não podemos imaginar a nossa vida cotidiana e o nosso trabalho sem as redes sociais, aplicativos de mensagens e plataformas de troca de arquivos, pois eles já se tornaram parte de nossa rotina. Principalmente depois deste ano, quando o mundo inteiro passou meses limitado às interações online. Contudo, é importante que as organizações entendam os riscos e como o cibercrime usa algo tão rotineiro como a forma que interagimos com as pessoas no ambiente online para poder proteger sua rede e seus funcionários”, afirma Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky no Brasil.Para o especialista, as empresas precisam proporcionar a seus colaboradores um uso confortável dos serviços dos quais necessitam. “É crucial buscar o equilíbrio certo e a melhor forma de fazê-lo é garantindo a proteção das ferramentas online e a educação digital dos funcionários, pois os criminosos estão atentos aos hábitos dos internautas“, destaca Assolini.

Para garantir que os colaboradores utilizem os serviços web com a máxima segurança, a Kaspersky dá os seguintes conselhos:

• Oriente os colaboradores para que eles saibam reconhecer sites falsos e mensagens de phishing. Incentive-os a nunca inserir as suas credenciais antes de verificar a credibilidade de um website, ou abrir e baixar arquivos enviados por remetentes desconhecidos.

• Realize a formação básica de sensibilização em cibersegurança. Isso pode ser feito pela web e deve abranger práticas essenciais, como proteção contra phishing, gestão de contas e senhas, segurança de e-mail e navegação web. A Kaspersky Automated Security Awareness Platform proporciona esta formação de uma forma fácil e eficaz.

• Utilizar um produto comprovado de segurança com proteção contra ameaças na web, rede e e-mail, como o Kaspersky Endpoint Security Cloud. Ele fornece uma formação online de cibersegurança em TI, que permite aprender novas competências sobre como classificar malware e como reconhecer comportamentos maliciosos e suspeitos em software. Está disponível no painel da solução na versão beta.

¹ De acordo com estatísticas anónimas de eventos detectados pelo Kaspersky Endpoint Security Cloud durante o teste beta. As estatísticas consistem em metadados despersonalizados, fornecidos voluntariamente pelos clientes da Kaspersky.

² As estatísticas foram obtidas entre abril e setembro de 2020, utilizando a Kaspersky Security Network (KSN), uma rede de proteção que funciona com vários componentes de proteção anti-malware. As estatísticas consistem em metadados despersonalizados, fornecidos voluntariamente pelos participantes da KSN entre os clientes da Kaspersky.

TikTok se torna principal recurso da LaLiga para alcançar fãs mais jovens

Futebol ganha cada vez mais espaço entre as novas tendências da plataforma, e o sucesso das campanhas recentes da LaLiga – e de seus clubes – mostra que a febre desse esporte está crescendo no TikTok

“Um jogo da LaLiga não dura apenas 90 minutos”, afirmou Alfredo Bermejo, diretor de estratégia digital da liga, resumindo de forma clara um princípio que está impulsionando o crescimento da competição hoje, especialmente entre o público mais jovem.

Atualmente, os conteúdos relativos aos clubes da LaLiga Santander e da LaLiga SmartBank – além de tudo o que os rodeia -, desde os treinos à forma como os jogadores se vestem, criam um fluxo constante de informação nas redes sociais e o destaque é vital. Para o público jovem emergente, Geração Z, o TikTok é a plataforma global preferida: “o TikTok cresceu exponencialmente, e suas tendências evoluem num ritmo vertiginoso”, continuou Bermejo.

Em meio a esse aumento repentino, a LaLiga conseguiu conquistar uma presença notável. A competição alcançou 1,9 milhão de seguidores em um ano e meio de atividade, tendo criado campanhas que divertiram públicos globais e aumentaram a visibilidade do futebol na plataforma. “Criamos dois dos maiores e mais bem-sucedidos desafios da história da TikTok”, explicou Bermejo. “Todas as semanas surgem novas tendências às quais prestamos atenção para nos mantermos parte ativa da comunidade.”

Soraya Castellanos Hidalgo, gerente de parcerias do TikTok na Espanha, confirmou a receita de sucesso na plataforma. “Nossa missão é inspirar e oferecer à nossa comunidade um espaço de expressão criativa e uma experiência divertida e positiva, com uma enorme diversidade de conteúdos”, disse. Por este motivo, os parceiros do TikTok, como a LaLiga, são convidados a “se adaptar ao formato e ao tom positivo e divertido da plataforma, abraçando a autenticidade e criatividade da comunidade”.

Criando um impacto global

O público da LaLiga tornou-se verdadeiramente global nos últimos anos, o que é demonstrado – dentre outras coisas – pelo rápido aumento de sua presença no TikTok. Os dois clubes mais seguidos na plataforma são FC Barcelona e Real Madrid, enquanto os dados mostram que 25 milhões de pessoas participaram dos últimos desafios criados pela LaLiga. Entre elas estavam personalidades globais como a atriz Eva Longoria e a cantora Anastasia.

A demografia desse público é notavelmente jovem, com a maioria dos seguidores nascendo no final dos anos 90, enquadrando-se na geração Z. “Nossos seguidores são jovens de todo o mundo, pessoas que querem descobrir conteúdos que não encontrarão em nenhum outro lugar”, explica Bermejo. “Tudo o que publicamos é pensado especialmente para este público, com o objetivo de entretê-lo e gerar engajamento. Queremos que saibam que seguir a LaLiga no TikTok é consumir conteúdo da melhor liga do mundo”.

Em linha com as expectativas dos usuários do TikTok, o conteúdo da LaLiga faz uso intenso de música, desafios interativos e usa um tom informal e envolvente. “O TikTok nos permitiu chegar mais perto da Geração Z e, assim, entender os gostos e preferências que esses fãs têm hoje”, continuou Bermejo. “Isso também nos ajuda a analisar como será o torcedor do futuro”.

Adaptando-se ao novo formato de comunicação

Como Bermejo explicou, uma das chaves para engajar o público da Geração Z é entender que seu primeiro contato com o futebol “provavelmente não é uma partida de 90 minutos transmitida pela televisão, mas um vídeo com destaques e música no TikTok, ou com imagens de desafios de jogadores durante os treinamentos”.

Por este motivo, o conteúdo da LaLiga na plataforma não gira apenas em torno de jogos. Em desafios recentes, postados com a hashtag #ViveLaLiga, a competição encorajou seus seguidores a replicar as celebrações de gols de diferentes jogadores, enquanto desafios virais eram criados que permitiam aos fãs marcar gols virtuais e competir com amigos.

A resposta a essas iniciativas foi explosiva. As últimas campanhas #ViveLaLiga, Bermejo revelou, geraram mais de 63 milhões de visualizações e foram tendências em 21 países. Além de elevar o perfil da competição entre este grupo demográfico importante, esses desafios – que contaram com a bola oficial da competição – também oferecem um valor agregado aos parceiros globais da LaLiga, como PUMA e Santander.

Embora o conteúdo da plataforma consista principalmente em vídeo vertical, com 15 segundos de duração, as implicações comerciais da plataforma TikTok podem ser transformadoras. “Mais do que tudo, é claro que a emoção em torno do futebol continua muito depois do apito final”, concluiu Bermejo.

Tags, , ,

85% dos brasileiros estão mais preocupados com a atuação sustentável das empresas, aponta pesquisa do Twitter

A pandemia da Covid-19 trouxe expressivas mudanças de comportamento e diferentes opiniões à rotina dos brasileiros, e de acordo com pesquisa realizada pelo Twitter, a postura de empresas em relação ao meio ambiente vem ganhando cada vez mais atenção dos consumidores. Para 85% das pessoas que utilizaram a plataforma durante os seis primeiros meses deste ano, empresas se comportarem de forma sustentável se tornou mais importante; 81% delas disseram, inclusive, que baixos índices de emissão de carbono e impacto no meio ambiente passou a ser ainda mais relevante neste momento.

Além de as empresas tomarem cuidado com a questão ambiental, também é importante que mostrem de forma clara como estão se posicionando durante a pandemia – 88% das pessoas no Twitter acreditam que as empresas devem comunicar seus esforços para enfrentar a situação.

Realizada com dados colhidos na plataforma, as principais descobertas da pesquisa trazem seis comportamentos e estados de espírito que, ou emergiram, ou foram acelerados por conta do isolamento. Eles apresentam um panorama sobre como as pessoas estão vivendo e como estão lidando com as dificuldades originadas desse período. As descobertas mostram, ainda, quais destes comportamentos têm a maior chance de se tornarem permanentes mesmo depois da crise.

Impacto financeiro

Outra preocupação das pessoas que estão na plataforma é a consequência na economia que a pandemia de Coronavírus tem e ainda pode causar. 91% esperam um impacto dramático e negativo na economia do país, com 57% das pessoas pessimistas sobre a recuperação do país pós pandemia. Isso tudo porque este momento mexeu no bolso de muitos brasileiros. Uma em cada quatro pessoas foram impactadas financeiramente pela crise sanitária e tiveram cortes de salário e pagamentos e 40% tiveram suas horas de trabalho reduzidas. Justamente por isso a preocupação fica cada vez maior e com um futuro incerto. 59% das pessoas se sentem inseguras ou muito inseguras com suas finanças pessoais nos próximos 6 meses.

Com o isolamento, também veio o desafio de pequenos empreendedores e trabalhadores informais manterem sua renda básica. Houve um aumento de 36% de conversas relacionadas a ajuda e divulgação de trabalho e perfis de pessoas buscando emprego ou complemento de renda através de alguma atividade extra.

Os dados mostram, também, a preocupação atual com o comércio local. Houve um aumento de 37% nas conversas mencionando termos relacionados a comprar dos pequenos empreendedores e negócios. Mesmo apoiando os negócios locais, as compras em sites como chamados Marketplace (Amazon e outros mega varejistas) aumentaram como nunca, com um crescimento de 26% das vendas da Amazon no Brasil durante a crise do Covid-19.

Além disso, enquanto foram registrados mais de 300 mil Tweets apoiando o Breque dos Apps – movimento criado pelos entregadores em busca de melhores condições de trabalho -, 42% das pessoas dizem ter aumentado o uso de aplicativos de delivery de comida durante a pandemia e que pretendem manter o hábito depois do isolamento.

Tags, , ,

VidCon, maior celebração de conteúdo e criadores digitais do mundo, chega ao Brasil

A ViacomCBS Brasil acaba de anunciar a primeira edição da VidCon São Paulo no Brasil para acontecer em 2021, em São Paulo. Fundada em 2010 pelos veteranos John e Hank Green (Vlogbrothers), a VidCon é a maior celebração mundial de conteúdo e criadores digitais.

A VidCon São Paulo é uma parceria inédita de entretenimento e experiência única de negócios entre a ViacomCBS Brasil e a Dream Factory .

A VidCon São Paulo faz parte da expansão global contínua da VidCon, que inclui eventos internacionais na Cidade do México, Abu Dhabi, Austrália, Londres e Cingapura. O carro-chefe da VidCon US celebrou seu 10º aniversário em 2019, recebendo 75.000 visitantes e mais de 120 expositores da marca.

“Como parte da ViacomCBS desde 2018, a VidCon celebra, informa e conecta diferentes comunidades que vivem para a produção de conteúdo digital. O Brasil, reconhecido como um celeiro de talentos criativos e inovadores, não poderia ficar de fora desse momento”, comemora Mauricio Kotait, Gerente Geral da ViacomCBS Brasil. “Nosso objetivo é contribuir com o mercado, como sempre fizemos em todas as áreas de atuação da empresa, e criar um ambiente perfeito para que diferentes públicos interajam e se beneficiem dessa imersão”, completa.

VidCon é o hub central para os principais criadores digitais, inovadores de plataforma, especialistas líderes da indústria e seus fãs se reunirem em um só lugar. A convenção apresenta três faixas distintas centradas no público – Comunidade, Criador e Indústria – e inclui painéis informativos, perguntas e respostas imperdíveis, meet&greets, oportunidades de networking, performances, shows e uma vasta programação que celebra o mundo cada vez maior de vídeo online.

Para as marcas, a VidCon São Paulo é uma excelente oportunidade de reforçar seu posicionamento e as cotas de patrocínio já estão em negociação. Neste evento, poderão ainda estreitar a relação com fãs, além de terem a chance de acumular ricas experiências e acompanhar a geração atual e novas tendências.

“Estamos sempre de olho nos mercados de entretenimento e inovação e nossa parceria com a ViacomCBS Brasil nos coloca no centro desse diálogo. A primeira edição do evento no país é uma oportunidade única para marcas que desejam sair na frente e mostrar a relevância do conteúdo digital para os negócios”, afirma Claudio Romano, CEO da Dream Factory.

A VidCon São Paulo vem na esteira da recente mudança de marca da VidCon, que inclui a extensão de seu evento digital recém-formado, VidCon Now, para o ano todo. A VidCon Now foi criada depois de transformar sua convenção de 2020 nos EUA em uma experiência virtual semanal, atraindo quase um milhão de participantes únicos sintonizando ao vivo e em VOD para a programação das faixas exclusivas da VidCon, encontros e saudações de criadores e eventos de consumidores. A VidCon Now retorna em 27 de outubro de 2020, com palestrantes e sessões de todo o mundo. A VidCon Now apresentará sessões personalizadas para os mercados internacionais da VidCon, começando com VidCon México e VidCon Ásia, onde os painéis virtuais serão programados em idiomas nativos e fusos horários apropriados.

Na Semana de Educação Midiática, Twitter ativa permanentemente emoji #PenseAntesDeCompartilhar

No momento em que os meios digitais são – para muitos – a principal fonte de informação, se torna fundamental a qualidade da conversa. Nesse contexto, o Twitter, plataforma pública, aberta e em tempo real, que possibilita que pessoas de diferentes opiniões, ideologias e posicionamentos se expressem livremente, aproveita a Semana Internacional de Educação Midiática para anunciar que irá ativar, de forma permanente, em Português, o emoji que aparece com as #PenseAntesDeClicar e #PenseAntesDeCompartilhar.

Além disso, o Twitter também relembra dois materiais elaborados em parceria com a Unesco ( @unesco ) e Organização dos Estados Americanos ( @OEA_BR ), para exemplificar ações que podem contribuir para as pessoas se sentirem cada vez mais aptas e capazes de analisar e tomar decisões informadas sobre o que expressam e compartilham na internet.

“No Twitter, defendemos o livre fluxo de informações e o direito de as pessoas se expressarem on-line. Esses são compromissos complementares, que se cruzam quando discutimos alfabetização midiática e informacional. Entendemos a nossa responsabilidade na busca por uma maior compreensão sobre a necessidade de expansão da Educação Midiática, e queremos capacitar as pessoas que usam nosso serviço, para que possam analisar criticamente os conteúdos que veem”, afirma Fernando Gallo, gerente de Políticas Públicas do Twitter no Brasil.

Chamado “Ensinar e Aprender com o Twitter”, o guia em parceria com a Unesco está disponível para download em português e outros oito idiomas. Com fácil leitura, o material tem o objetivo principal de ajudar os educadores a capacitar as gerações mais jovens com habilidades de alfabetização midiática, permitindo que façam as perguntas certas sobre conteúdos que encontram na internet e analisem criticamente as notícias e informações com as quais se envolvem.

O guia contém diretrizes de melhores práticas sobre alfabetização midiática da Unesco e também uma lista de leitura com curadoria de especialistas em programas da Organização, cujo objetivo é orientar os educadores na atual literatura de ensino sobre esse tópico. Esses esforços complementam diretamente o processo do Twitter em desenvolver políticas sobre desinformação.

Twitter e UNESCO estão trabalhando juntos desde meados de 2018 para promover conversas sobre alfabetização midiática e informacional. O apoio da plataforma é realizado por meio do Ads For Good, programa que oferece créditos gratuitos para promover e ampliar o alcance de conteúdos no Twitter.

O guia da OEA pode ser encontrado no link: http://www.oas.org/pt/ssm/cicte/docs/20190916-POR-Alfabetismo-y-seguridad-digital-Twitter.pdf

Mais controle para experiência na plataforma

Nos últimos anos, o Twitter vem expandindo a capacidade de as pessoas controlarem suas conversas no serviço. Além das opções de silenciar e bloquear perfis e mensagens, e ocultar respostas a Tweets, lançamos recentemente novas configurações que permitem que as pessoas escolham quem pode responder às conversas que iniciarem na plataforma. Antes de Tweetar, é possível selecionar se todos podem responder ao Tweet (configuração padrão), apenas pessoas que segue ou, então, somente pessoas que são mencionadas na publicação.

O serviço também começou a alertar usuários sobre a importância de ler notícias além dos títulos. A iniciativa funciona da seguinte maneira: cada vez que o internauta tenta Retweetar um conteúdo noticioso, a plataforma avisa que “não é possível conhecer a história toda só pelo título”. Isso serve para incentivar as pessoas a lerem conteúdos antes de os compartilharem. Por fim, o Twitter também tem colocado avisos em Tweets que precisam de mais contexto . Ao invés de tirar de simplesmente tirar do ar postagens comprovadamente falsas, o serviço passou a colocar um aviso e dar mais contexto ao assunto com informações curados e confirmados.

“As pesquisas realizadas com dados iniciais destes testes fora do Brasil mostram que 40% das pessoas abrem as reportagens depois de ver o aviso. Mais pessoas estão decidindo não Retweetar depois de abrir o artigo – o que é ótimo. Isso mostra que essas iniciativas tendem a ser muito importantes para a melhoria da saúde e qualidade da conversa”, completa Gallo.

Tags,

Samsung inicia pré-venda do Galaxy Z Fold2 5G no Brasil

O Galaxy Z Fold2 5G, terceira geração de smartphones com telas dobráveis da Samsung, já está disponível para pré-venda no Brasil. Entre esta segunda-feira (26) e o próximo dia 12 de novembro, quem comprar um Galaxy Z Fold2 ganhará¹ um fone de ouvido sem fio Galaxy Buds Live e um smartwatch Galaxy Watch3, usufruindo de uma experiência de mais alto nível com o Ecossistema Galaxy.

“A Samsung foi pioneira ao criar e disponibilizar globalmente a categoria de smartphones com telas dobráveis, reimaginando o conceito de dispositivos móveis a partir de um formato flexível. No Brasil, também fomos a primeira empresa a lançar um smartphone dobrável, o Galaxy Fold, em janeiro deste ano, e expandimos a categoria com o Galaxy Z Flip, em março. Agora, reforçando nosso compromisso de oferecer no País o que há de mais moderno e inovador, trouxemos o Galaxy Z Fold2, com uma série de recursos multitarefas e o auge do design”, afirmou Renato Citrini, gerente sênior de produto da divisão de dispositivos móveis da Samsung Brasil.

Flexibilidade para ir além: recursos para uma experiência revolucionária


O mais recente smartphone com tela dobrável lançado pela Samsung conta com espaço de tela ainda maior para aprimorar a visualização de e-mails, consulta de mapas em aplicativos de rotas e, claro, a diversão assistindo a filmes, séries, navegando pelas redes sociais ou jogando. A tela externa agora conta com 6,2 polegadas¹, enquanto o display principal apresenta incríveis 7,6 polegadas² com recorte minimizado. Além disso, a taxa de atualização da tela, de 120Hz, eleva a qualidade, potencializando as transições de imagens. Já o sistema de áudio dinâmico, com alto-falantes duplos e efeito estéreo otimizado, proporciona um som nítido e imersivo.

O Galaxy Z Fold2 5G reúne o modo Flex³ e a Continuidade de Aplicativos4 para permitir que o usuário tenha a melhor experiência e usufrua de seus aplicativos favoritos, seja com o dispositivo dobrado ou desdobrado. A janela Multi-Ativa5 permite ao usuário abrir vários arquivos do mesmo aplicativo simultaneamente e visualizá-los lado a lado6. Outra solução focada em auxiliar pessoas com perfil multitarefa é o recurso Múltiplas Janelas, que, a partir da integração do Pareamento de Aplicações e do Painel Edge, gera uma experiência ainda mais cômoda. Já com a ferramenta arrastar e soltar7, basta arrastar textos, imagens e documentos de um aplicativo para outro para realizar uma transferência imediata.

Galaxy Z Premier Service


Os usuários brasileiros do Galaxy Z Fold2 poderão usufruir do novo serviço de atendimento Galaxy Z Premier Service, que conta com uma equipe de especialistas para oferecer a melhor experiência com o smartphone. Os consultores do Z Premier Service estão disponíveis 24h, sete dias por semana, via telefone e chat online, para auxiliar na resolução de dúvidas. Para aumentar a comodidade em caso de algum reparo, a Samsung disponibiliza o serviço de leva e traz, que busca o Galaxy Z Fold2 5G na casa do usuário e depois de concluído o serviço, devolve ao endereço de origem.

Além disso, os usuários do Galaxy Z Fold2 5G receberão um ano de proteção Samsung Care+: Seguro de tela, assegurando proteção de dispositivo única contra danos acidentais à tela, tanto interna quanto externa, por um prazo de um ano a partir da data de compra8. Para aderir ao Samsung Care+: Seguro de tela, é necessário acessar o site http://www.samsung.com/br/support/galaxy-z-premier-service/ e seguir o passo a passo mandatório para adesão do seguro e emissão do bilhete.

Preço e disponibilidade


A pré-venda do Galaxy Z Fold2 no Brasil começa nesta segunda-feira (26) e ocorre até o próximo dia 12 de novembro. O smartphone está disponível nas lojas online e físicas da Samsung, com preço sugerido de R﹩ 13.999,00, em versões em Mystic Black e Mystic Bronze. A venda oficial terá início em 13 de novembro.

Para obter mais informações sobre o Galaxy Z Fold2 5G, acesse http://news.samsung.com/br/ ou https:/www.samsung.com/br .

* Todas as especificações e descrições fornecidas aqui podem ser diferentes das especificações e descrições reais do produto. A Samsung reserva-se o direito de fazer alterações nesta página e no conteúdo aqui contido, incluindo, sem limitação, funcionalidade, recursos, especificações, GUI, imagens, vídeos, benefícios, design, preços, componentes, desempenho, disponibilidade, recursos e quaisquer outras informações do produto, sem aviso prévio.

¹ Imagens meramente ilustrativas. Promoção válida de 26.10 a 12.11.2020. Na compra de um Galaxy Z Fold2 (SM-F916B), você ganha um Galaxy Buds Live (SM-R180) e um Galaxy Watch3 (SM-R855). Brindes ilimitados. Sujeitos a disponibilidade de cor. Consulte o regulamento em http://www.samsung.com.br/regulamentos/galaxyzfold2-26102020.pdf ou nas lojas Samsung e operadoras.

² As medidas da tela são diagonais e a área real visível é menor devido aos cantos arredondados e à perfuração da câmera.

³ O modo Flex é compatível com aplicativos nativos da Samsung (câmera, videochamada, galeria, reprodutor de vídeo, relógio, calendário) e aplicativos de terceiros, incluindo YouTube, Google Duo e mais por vir.

4 O Continuidade de Aplicativos funciona com aplicativos selecionados; número de aplicativos compatíveis em ascensão por meio de desenvolvedores de terceiros.

5 Os usuários também podem usar a ferramenta Multi-Active Window na tela externa com duas janelas divididas horizontalmente. Multi Active Window funciona com aplicativos selecionados; número de aplicativos compatíveis em ascensão por meio de desenvolvedores de terceiros.

6 Atualmente disponível com três aplicativos nativos, incluindo Samsung Notes, Internet, Myfiles e aplicativos do Office no Microsoft 365. (Atualmente disponível apenas entre diferentes funções).

7 A funcionalidade de arrastar e soltar funciona com aplicativos selecionados, incluindo aplicativos nativos da Samsung, incluindo Gallery, Internet, Message, Myfiles, Samsung Notes e outros, incluindo aplicativos do Office no Microsoft 365, Microsoft OneDrive, Microsoft Outlook, Gmail, Chrome, Google Maps.

8 O serviço pode exigir registro. A cobertura e a disponibilidade da proteção podem variar de acordo com o mercado e exigem registro. Informações completas sobre o Galaxy Z Premier Service estão disponíveis em Samsung.com.

Tags, , , ,

Huawei apresenta linha a HUAWEI Mate 40 Series

A Huawei apresenta a sua nova linha de produtos que compõem a avançada HUAWEI Mate 40 Series, a nova família de smartphones capazes de fazer os usuários saltarem para o futuro. Integrando os melhores valores tecnológicos da Huawei, esta série de dispositivos reforça a dedicação da empresa à inovação e a sua incansável determinação em criar o melhor smartphone da Mate Series da história.

Nos últimos oito anos, foram lançados 10 dispositivos da série Mate, e agora essa nova linha de smartphones chega para revolucionar o mercado, com tecnologia de ponta. Tanto o HUAWEI Mate 40 Pro quanto o HUAWEI Mate 40 Pro+ apresentam o primeiro e único processador 5G integrado de 5 nanômetros do mundo, um sistema de câmera Cine Ultra Vision e o icônico design Space Ring, além de uma experiência digital mais inteligente e intuitiva.

“Todos os anos, a HUAWEI Mate Series reúne a tecnologia mais empolgante do mercado em um conjunto de recursos impressionantes. Nestes tempos sem precedentes, continuamos empenhados em criar um futuro melhor, com tecnologias inovadoras que proporcionem um impacto positivo e significativo na vida dos consumidores. No futuro, continuaremos a trabalhar com nossos parceiros para levar a Inteligência Artificial a todos os consumidores em todo o mundo”, comenta Richard Yu, Diretor Executivo e CEO do Huawei Consumer Business Group,

O Kirin 9000 e 5G

O processador Kirin 9000 Series vem equipado com a tecnologia 5G e pode lidar facilmente com tarefas complexas e de alta demanda. Incorporado no HUAWEI Mate 40 Pro e no HUAWEI Mate 40 Pro+, o Kirin 9000 é o mais sofisticado processador 5G baseado em 5nm, oferecendo um desempenho amplamente aprimorado e com uma maior eficiência de energia em comparação com seu antecessor. Pela primeira vez, este processador 5G carro-chefe tem mais de 15,3 bilhões de transistores, tornando-o mais denso e completo até hoje. A poderosa CPU apresenta uma arquitetura de três camadas com eficiência energética, com núcleos operando a taxas de clock de até 3,13 GHz. Integrada ao processador, encontraremos uma GPU Mali – G78 de 24 núcleos, bem como uma inovadora NPU com dois núcleos grandes e um pequeno, elevando a novos níveis as capacidades de inteligência artificial a bordo do dispositivo.

A GPU Mali G78 de 24 núcleos da linha Mate 40 é a mais poderosa até hoje em um dispositivo Huawei. Isso permite que esses smartphones tenham um avançado desempenho gráfico, bem como uma incrível experiência audiovisual para uma experiência de jogos mais envolvente. A tela de 90 Hz trabalha em conjunto com a resposta ao toque de 240 Hz, proporcionando maior capacidade de resposta, além de incorporar um motor linear no eixo x capaz de fornecer um feedback tátil correspondente à experiência visual. Esta configuração de entretenimento foi aumentada com a incorporação de dois alto-falantes estéreo para criar uma experiência de áudio cinematográfica com graves em superestéreo.

Um sistema completo para a criação de imagens e capturas de fotos

O sistema de câmeras da HUAWEI Mate 40 Series foi desenvolvido em parceria com a Leica para fornecer a melhor solução de câmeras possível, incorporando revolucionários aprimoramentos à lente Ultra Grande Angular, à poderosa câmera principal HD, à impressionante câmera telefoto e muito mais. Com as câmeras Dual Cinema e Dual Ultra Wide Cameras do HUAWEI Mate 40 Pro e do HUAWEI Mate 40 Pro+, os usuários podem capturar vídeos e imagens impressionantes nas câmeras frontal e traseira.

O HUAWEI Mate 40 Pro contém uma câmera telefoto periscópica com suporte para zoom híbrido de 10x e zoom digital de 50x, enquanto o HUAWEI Mate 40 Pro+ vai um passo adiante com o acréscimo de câmeras telefoto duplas que fornecem um zoom híbrido de 20x e um zoom digital de 100x. A Ultra Wide Angle Cinema Câmera traz um campo de visão mais amplo, além de detalhes mais ricos, melhorias no desempenho em baixa luminosidade e algoritmos de correção de distorção, permitindo uma excelente captura, enquanto a câmera principal fornece fotos em alta definição. Já a câmera Selfie Ultra Vision vem com suporte para captura em 4K e a opção de gravar em um dos três campos de visão disponíveis.

Já para a gravação de vídeos, a linha HUAWEI Mate 40 está equipada com câmeras Dual Cinema, que trazem um sensor de disparo 3:2. Além disso, registrar imagens de alta qualidade ficou mais fácil com o Steady Shot, enquanto o XD Fusion HDR Video garante uma exposição equilibrada, mesmo quando os usuários estejam fotografando em contraste extremo de iluminação.

Um novo design e produtos projetados tendo o usuário em mente

O HUAWEI Mate 40 Pro e o Mate 40 Pro+ estão aqui para revolucionar a experiência do consumidor trazendo novas funções, dentre elas podemos destacar: o controle inteligente por gestos, que permite comandar o dispositivo sem utilizar as mãos; a funcionalidade MeeTime, que, combinada ao ecossistema 1+8+N da Huawei, é uma porta de entrada para uma vida mais inteligente e conectada; e o sistema operacional EMUI 11, que traz soluções de segurança abrangentes para proteger os usuários de dispositivos Huawei.

Além disso, a HUAWEI Mate 40 Series está equipada com o Huawei Mobile Services (HMS), que fornece uma experiência inteligente e segura os usuários de smartphones Huawei. A linha traz ainda novos aplicativos em seus dispositivos, como o Petal Search, mecanismo de busca, Petal Maps, o aplicativo de mapeamento que usa a função de controle por meio de gestos dos dispositivos da linha Mate 40, além do HUAWEI Docs, um poderoso serviço unificado de criação de documentos.

Já o design da nova linha vem com o Horizon Display de 88 graus em que cria um painel totalmente imersivo e curvas que trazem uma pegada mais confortável. Além disso, os aparelhos oferecem resistência à água e poeira com certificação IP68, desbloqueio facial 3D, uma câmera selfie ultra grande angular e um sensor de gestos de alta precisão. Na parte traseira, pode-se notar o Space Ring Design.

O Mate 40 Pro e o Mate 40 Pro+ estarão disponíveis nas tradicionais cores Preto e Branco, assim como Prata Boreal. E, terão duas novas versões, uma em couro vegano nas cores Amarelo e Verde. Como destaque, o Mate 40 Pro+ terá uma tampa traseira de cerâmica criada com tecnologia nano, disponível em duas cores: Branco e Preto.

*Os produtos não se encontram disponíveis no mercado brasileiro. Qualquer novidade será informada oportunamente pela Huawei em seus canais oficiais.

Tags, , , ,

Marketing de influência: como as comunidades potencializam as marcas

A oportunidade de criar uma proximidade maior com os clientes é um dos pontos que mais chama atenção das marcas para as comunidades, que também são conhecidas como “Fórum 4.0”. O levantamento do Community Roundtable, que aponta as estratégias de comunidade com um ROI médio de 6.469% para as marcas, é a prova de que esse tipo de ação está em alta entre as empresas.

As comunidades propiciam a troca de conhecimento por meio da produção de artigos, interação rápida, cursos online e se tornou uma oportunidade para o público, influenciadores e marcas conviverem em um ambiente virtual seguro e garante até mesmo uma chance de obter renda e maior faturamento. De acordo com Luciano Kalil, CPO da Squid e especialista em comunidades, essa é uma forma assertiva de as marcas entenderem o que de fato os consumidores estão buscando.

“Para se aproximar dos seus clientes, empresas têm investido na construção de comunidades como um canal direto de relacionamento com influenciadores e, claro, com o consumidor. Esse canal se torna um ambiente de troca de informações e também para a construção de produtos e serviços que tenham a cara daquele público, pois quem consome tem esse canal direto com a marca”, analisa o executivo da empresa líder em marketing de influência e comunidades no Brasil.

Essas comunidades também são importantes para que as empresas compreendam quais as necessidades da sua marca e apliquem mudanças em seus serviços ou produtos. É como se fosse um novo FAQ, em que as principais dúvidas dos usuários são esclarecidas e a partir disso, é possível realizar mudanças que aproximem ainda mais aquela empresa ao público final.

No mundo, essa solução já é a realidade de muitas empresas. A Lego, por exemplo, criou uma comunidade para os amantes da marca. Lá, os consumidores conseguiram propor novas soluções, votar em seus favoritos e enviar feedbacks. As ideias mais populares se tornam produtos e o idealizador do projeto ganha um percentual das vendas. A plataforma agrega mais de 1 milhão de inscritos.

“Aqui no Brasil, a Squid lançou o #ClubeDaInfluência e já possui mais de 40 mil inscritos. Nesse espaço, os criadores de conteúdo ajudam os outros de forma colaborativa e encontram na plataforma cursos que proporcionam a profissionalização de influenciadores digitais. É uma oportunidade de gerar conhecimento, além de movimentar o mercado da influência”, explica Luciano Kalil.

Tags, , , , ,

Vivo libera sinal dos canais HBO

O entretenimento do final de semana já está garantido para os clientes Vivo Play, serviço de TV e vídeo da operadora, com a abertura dos canais HBO. De 24 a 25 de outubro, toda a programação fica disponível para os usuários acessarem, sem bloqueios. Os principais destaques do período ficam para “Aves de Rapina”, no sábado (24), às 22h, e a estreia da nova série de suspense, “The Undoing”, estrelada por Nicole Kidman e Hugh Grant, no domingo (25), às 22h.

Todo o conteúdo da HBO estará disponível para acesso também no app do Vivo Play. O download é gratuito e está disponível para Android e IOS nas lojas de aplicativos.

Mais conteúdo sempre

O Vivo Play é a plataforma de vídeo da operadora e além dos canais tradicionais disponibilizados para acesso na TV via decoder, também oferece aos seus clientes mais de 25 mil títulos on demand, entre gratuitos e pagos, como filmes recém-saídos do cinema, clássicos, shows, atrações infantis e mais de 70 canais ao vivo para acesso pelo app, site e Smart TV. Com atualizações constantes, a plataforma de TV e vídeo da Vivo busca sempre trazer especiais diversificados, com curadorias de títulos, entre séries e filmes, feitas para todos os públicos e gostos.