Streaming chegou para ficar: 75% dos brasileiros fazem streaming todo dia

Streaming chegou para ficar: 75% dos brasileiros fazem streaming todo dia

Pesquisa da Roku detalha comportamento de consumo de streaming e mostra que esta já é uma das atividades favoritas no Brasil

A Roku, a plataforma número 1 de streaming para TV dos Estados Unidos*, divulga hoje a pesquisa “Hábitos de streaming dos brasileiros”, produzida em comemoração ao aniversário de 2 anos da chegada da empresa no Brasil. Os resultados mostram as preferências nacionais quando o assunto é o universo do streaming: 75% dos entrevistados fazem streaming todo dia e 88% já viraram a noite maratonando uma série. Em comparação com 12 atividades do dia a dia, o streaming foi apontado como preferido em nove.

A pesquisa foi desenvolvida pelo Instituto FSB Pesquisa e realizada entre os dias 29 de dezembro de 2021 e 5 de janeiro de 2022 em abordagem online com dois mil consumidores de 18 anos ou mais.

Ao serem perguntados o que preferem fazer, se streaming ou 12 atividades do dia a dia, os entrevistados responderam que preferem streaming a:

  • ler um livro (74%)
  • assistir a um jogo do seu time de futebol (68%)
  • sair com amigos (63%)
  • praticar esportes (R$ 61%)
  • ir a uma festa ou show (61%)

“Os resultados demonstram que estamos, de fato, vivendo a década do streaming e que essa forma de consumir conteúdo veio mesmo para ficar. Durante o momento mais crítico da pandemia, vimos um aumento do consumo de streaming, mas, mesmo com a retomada da rotina das pessoas, continuamos a ver esses hábitos”, acredita Luis Bianchi, diretor de marketing América Latina da Roku.

A pesquisa também confirma que certas atividades continuam sendo prioritárias para os brasileiros, que nem o streaming consegue levar embora: ir à praia (39%), ficar com a família (32%) e fazer sexo com o(a) companheiro(a) (25%).

Maratona é coisa séria

A pesquisa mostra que para 75% dos respondentes streaming é algo que eles fazem diariamente e normalmente sozinhos (51%) ou em família (42%). Eles também fazem streaming durante as refeições (89%) e na arrumação da casa (55%).

A preferência é tamanha que 88% dos entrevistados disseram já ter virado a madrugada assistindo a uma série no streaming. Setenta e dois porcento já deixaram de sair com amigos para assistir a seu conteúdo favorito e 54% confessaram terem chegado atrasados a um compromisso por causa do streaming.

Outro comportamento bem brasileiro apontado pela pesquisa é o hábito de maratonar: 87% dos entrevistados responderam que já maratonaram alguma série pelo menos uma vez na vida. Talvez por isso, 8 em cada 10 pessoas preferem que os episódios sejam disponibilizados de uma vez só em vez de aos poucos.

Acompanhados ou não?

Entre aqueles que preferem fazer streaming acompanhados, 38% têm marido ou mulher como companhia ideal, seguido do(s) filho(s) – 31%. Já entre as companhias menos desejadas apontadas, apareceram avós (23%) e amigos (20%). Ao explicar a escolha, os entrevistados disseram que essas companhias fazem barulho durante o streaming (25%) e acham difícil chegar a um título que seja do agrado de todos (19%).

Ao descrever o tipo de pessoa que é mais irritante na hora do streaming, 77% acham que é quem fica conversando durante a atração, 57% disseram que é a pessoa que fica chamando, 34% quem demora muito para escolher o que vai assistir e 33% aquela que quer escolher sozinha.

Brasileiros preferem a tela maior

Sessenta e cinco porcento preferem fazer o streaming do seu conteúdo favorito na tela da TV, comparado com 17% no celular e 15% no computador.

“Quando analisamos os resultados da pesquisa e o comportamento dos brasileiros, vemos que a Roku oferece exatamente o que o consumidor de streaming no Brasil quer: equipamentos e TVs com todo o conteúdo que os consumidores procuram, com mais de cinco mil canais e 100 mil filmes, séries, esportes e episódios para a TV, para assistir sozinho ou acompanhado”, diz Bianchi, referindo-se à família das Roku TVs, fabricadas em parceria com AOC, Philco, Semp e TCL, e ao Roku Express, aparelho da Roku que transforma uma TV antiga numa smart TV.

E se você achou que a casa é o melhor lugar para fazer streaming, acertou nesta. Sete de cada 10 pessoas preferem assistir a um filme em casa a no cinema. Porém, muitos entrevistados revelaram que já fizeram streaming no trabalho (11%), durante uma aula (5%), no banheiro (3%), no hospital (3%) e até numa festa (1%).

Para saber mais detalhes e ter acesso aos resultados da pesquisa: anexo 2.pdf


*Por horas de streaming. Fonte: Hypothesis Group, outubro de 2021.

Comments are closed