Globo avança com novo Programa de Inovação Aberta

Globo avança com novo Programa de Inovação Aberta

Em sua jornada mediatech, a Globo faz da inovação tecnológica um pilar fundamental em todas as pontas de seus negócios, desde a ampliação de entregas e soluções para anunciantes e agências, passando pela consolidação do modelo D2C, até a produção de conteúdos. O mais novo passo em direção à inovação foi lançado nesta segunda-feira, 20 de dezembro: o primeiro desafio de Inovação Aberta da companhia, em uma parceria com a empresa de gestão da inovação, AEVO. A ação faz parte de um Programa lançado no portal Connect, e tem objetivo de fazer negócios inovadores com startups brasileiras.    
 

A iniciativa é do Mediatech Lab. “Existimos para aproximar o futuro e gerar impacto na estratégia do negócio. Queremos ser o motor de transformação que acelera a nossa empresa e a sociedade em direção ao futuro”, conta Paulo Henrique Castro, diretor do laboratório de inovação da Globo.
 

O primeiro desafio aberto no programa, com inscrições disponíveis na página da empresa até 20 de janeiro de 2022, tem como objetivo a “Geração automática de infográfico em vídeo através de dados”. A missão é encontrar uma startup para desenvolver solução capaz de compreender o contexto dos dados e processar as informações de forma a exibir diferentes visões e níveis, bem como a indicação de layouts que melhor se enquadrem ao contexto proposto, permitindo a personalização dos infográficos.  
 

Para o desafio, são buscadas soluções que se enquadrem nos seguintes requisitos: ser capaz de ler e entender o contexto dos dados; gerar automaticamente os infográficos em vídeo; permitir personalização de templates.  
 

A parceria com startups, que estão na vanguarda do desenvolvimento tecnológico no Brasil, é uma das estratégias da Globo para 2022. Por isso, além do desafio já aberto, dentre outros que a organização já tem em vista, será disponibilizado um local onde startups de todos os tipos de segmentos e atuação possam se cadastrar para fazer negócios com a companhia. “Convidamos startups do Brasil, que acreditam ter sinergia com o nosso negócio, a se conectar conosco por meio da nossa página”, acrescenta Paulo Henrique.

Comments are closed