Author admin

TikTok e Twitch: o que as plataformas ensinaram ao mercado

No último ano, devido à pandemia e ao isolamento social provocado por ela, o mundo assistiu – literalmente – os fenômenos do TikTok e da Twitch explodirem. Mas afinal de contas, o que estas plataformas têm em comum e como angariaram cada vez mais público? Existe realmente um motivo pela qual elas se tornaram tão populares? É verdade que o isolamento social acabou popularizando, mas não é apenas isto.

No Brasil, cerca de 100 milhões de pessoas jogam algum tipo de jogo eletrônico e a Twitch acumulou, em 2020, um total de 17 bilhões de horas transmitidas assistidas, um aumento de 83%. “O número de canais ativos aumentou 65% ano contra ano, com um pico de 240 mil canais em dezembro de 2020. A experiência de ir a um evento presencial ou online mudou e já não é mais uma tendência, e sim uma realidade”, afirma Pedro Oliveira, cofundador da OutField Consulting , uma consultoria focada nos negócios do esporte e do entretenimento.

O Tik Tok, por sua vez, representa bem o dia a dia do público jovem, que gosta de abundância de conteúdos, buscando consumir vídeos curtos, rápidos e que além disso, apostam no humor. Prova disso, é um projeto desenvolvido pela plataforma nos EUA chamado ” Creators Fund “, a partir do qual o objetivo é distribuir anualmente USD200M (mais do que os Clubes da Série A recebem anualmente pelos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro) entre os criadores da plataforma que divulguem conteúdos que tenham uma boa performance em números de visualizações e engajamentos.

Apesar de atuarem com segmentos diferentes, as duas plataformas deram uma verdadeira aula de como engajar pessoas. Não apenas pela sua facilidade de manuseio em vídeos e de poder acompanhar aquilo que você deseja, a qualquer momento do dia, mas também pelas diferentes formas de interação entre quem transmite e o público que o assiste, com bate-papos acontecendo em tempo real e vários mecanismos acoplados nas ferramentas. Além disso, vivemos na era do digital, onde já não há mais espaço para tecnologias e métodos antigos que não prendem a atenção do espectador/consumidor.

Há também uma questão social e econômica por trás de tudo isso que há muito tempo era ignorada por outros meios de transmissão mais tradicionais. “Mais uma plataforma de novos talentos, mais uma via dentro de um país com tanta desigualdade social, possibilidades que existem para que as pessoas tenham oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional na vida. Uma alavanca de inclusão além de econômico”, analisa Oliveira.

Gusttavo Lima é o novo embaixador da Philips Áudio e Vídeo

A Philips, marca do Grupo TPV, anuncia Gusttavo Lima como embaixador das categorias de áudio e vídeo da marca no Brasil. Um dos principais nomes do sertanejo, ele vai realizar ações e campanhas para todas as linhas de produtos, mas o foco será nas TVs Philips Ambilight, com o intuito de aumentar a consideração de produto para seus consumidores e sua tecnologia exclusiva.

De acordo com Bruno Morari, diretor de Marketing do Grupo TPV (Philips e AOC), a  expectativa é de alcançar um alto número de pessoas com essa iniciativa, devido ao grande apelo popular e ao alcance de Gusttavo Lima, especialmente por demonstrar o diferencial e a qualidade do produto TV Ambilight, que possui a tecnologia  patenteada pela Philips e que já é sucesso na Europa.

“Queremos reforçar o posicionamento de que a marca Philips continua sólida e com um portfólio de eletrônicos de qualidade para suprir a necessidade de diversos públicos, e continuamos a investir fortemente na marca, sempre trazendo produtos de áudio e vídeo competitivos e inovadores para o mercado”, diz Morari. “Além disso, Gusttavo possui um carisma único, o respeito de seus fãs e uma história de vida muito inspiradora,  atributos que têm sido base para a criação de conteúdo para a Philips Áudio e Vídeo em seus canais”, completa Morari.

Recentemente o cantor participou do último episódio de 2020 do podcast “Meu Nome É Correria”, produzido pela Philips. Na ocasião, recordou sua origem humilde, momentos difíceis e os primeiros passos de sua carreira musical. De acordo com Gusttavo, essa parceria com a Philips vai ao encontro dos valores que ele admira e acredita. “Eu sempre admirei a Philips por sua história e pela qualidade dos produtos. Estou animado com esta nova parceria e espero que dure por muito tempo”, conclui.

seedtag registra crescimento de 80% no Brasil e segue consolidando liderança global no mercado de publicidade contextual com novas aquisições

Apesar do cenário de incertezas em virtude da pandemia, a seedtag , adtech espanhola de Inteligência Artificial Contextual, vem conquistando terreno no Brasil e na América Latina e consolidando seu crescimento global com novas aquisições. Só em 2020, a empresa apresentou um aumento de 30% no número de clientes em território nacional, expandiu sua rede de publishers parceiros e aumentou seu faturamento em 80% no país e no mercado latino-americano. Para 2021, a expectativa é um crescimento de 60% na região.

Ao mesmo tempo, a seedtag segue se consolidando no mercado europeu, e acaba de adquirir a Recognified, empresa alemã de visão computacional e publicidade de marca especializada em publicidade contextual. A aquisição é a primeira da companhia na Alemanha, país que desempenha um papel importante na região, uma vez que ocupa o segundo lugar em investimento digital, ficando atrás apenas do Reino Unido. Com essa fusão, a empresa expande sua presença internacional, que já conta com escritórios no Reino Unido, França, Espanha, Itália, Benelux, México, Brasil e Colômbia. Este anúncio vem três meses depois que a seedtag adquiriu seu concorrente italiano AtomikAd, especializada no desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas em tecnologia de inteligência artificial e aplicadas à publicidade digital.

“Esta é uma aquisição estratégica para a seedtag. A Recognified desenvolveu fortes recursos de visão computacional que irão reforçar nossa IA contextual e fortalecer a compreensão da seedtag sobre o interesse dos consumidores de uma maneira focada na privacidade”, pontua Jorge Poyatos, Co-CEO da seedtag.

“Nosso objetivo é nos tornarmos líderes globais em publicidade contextual e nossas estratégias vão nesse sentido. A América Latina, em especial o Brasil, são mercados muito relevantes para nós, com grande potencial de crescimento. Nesse período de incertezas, fortalecemos nosso time, criamos projetos com foco em nossos publishers e em nossos clientes. Em momento nenhum pensamos em reduzir o rendimento do time, pelo contrário, sempre passamos a todos a segurança de que iríamos atravessar com tranquilidade a tormenta. Com isso, conquistamos nossas metas e seguimos otimistas em 2021”, comenta Daniel Freixo, vice-presidente para América Latina da seedtag.

Formato em ascensão


Recentemente, a seedtag realizou o estudo Efficiently Reaching Users Through Visual Media, em parceria com a MetrixLab, empresa global de pesquisa de mercado. A pesquisa revela que anúncios colocados em elementos visuais, que insere peças gráficas ou animadas no interior de fotos e ilustrações online, capturam a atenção do público 3,5 vezes mais rápido do que a propaganda digital feita em displays tradicionais.

Ainda de acordo com o levantamento, para todos os formatos, os recursos visuais no conteúdo editorial foram o primeiro elemento em que os usuários focaram sua atenção, sendo capazes de manter a atenção do usuário de 4 a 6,7 ​​vezes mais. Além disso, o formato aumenta 3,9 vezes as intenções de compra, 2,1 o awareness, 3,7 a favorabilidade, 2,4 a lembrança das mensagens e ainda gera uma percepção de marca quatro vezes mais forte em comparação com os anúncios online comuns.
“Conseguimos unir criatividade e tecnologia de ponta para entregar anúncios mais chamativos e menos invasivos, pois eles dispensam a utilização de dados ou cookies de terceiros, respeitando a privacidade do usuário, e com maior poder de atração e retenção. Somos uma ferramenta eficiente para empresas que queiram alcançar seus clientes na internet”, conclui Jorge Poyatos.

ViacomCBS anuncia conteúdos, preço e novidades do Paramount+ no Brasil

A ViacomCBS Networks Americas, uma divisão da ViacomCBS Inc. (NASDAQ: VIAC, VIACA), acaba de anunciar detalhes importantes, incluindo títulos de lançamento, preço e parceiros de distribuição para seu serviço de streaming Paramount+ (lê-se, Paramount Plus). A nova plataforma será lançada em 18 países da América Latina, incluindo Brasil, em 4 de março de 2021 .

“Paramount+ proporcionará aos consumidores uma experiência premium a um preço competitivo, tornando-o essencial para consumidores e parceiros de distribuição”, disse Kelly Day, presidente de streaming e diretora de operações da ViacomCBS Networks International. “Com uma expertise global incomparável em linear, SVOD e AVOD, combinada com um poderoso mecanismo de conteúdo, incluindo uma imensa e vasta biblioteca de conteúdos originais premium, a ViacomCBS está posicionada de maneira única para aproveitar as vantagens da enorme oportunidade de streaming mundial”.

“A ViacomCBS está posicionada de forma única para oferecer aos nossos consumidores e parceiros um serviço premium com o lançamento do Paramount+, à medida que alavancamos nosso amplo alcance e fortalecemos nossas relações no mercado latino-americano”, disse JC Acosta, presidente da ViacomCBS International Studios & Networks Americas. “Por meio do ViacomCBS International Studios, podemos oferecer conteúdo premium local e em espanhol para criar uma experiência verdadeiramente global e local para o público”.

Preço e interface de usuário

No lançamento, os consumidores no Brasil poderão se inscrever para um teste gratuito de sete dias ou por meio de uma assinatura mensal de R﹩19,90.O preço varia em outros países latino-americanos.

Paramount+ contará com uma interface de usuário perfeita, curadoria aprimorada, categorias de conteúdo e um hub central para as marcas da ViacomCBS. Além disso, cada opção de assinatura incluirá recursos de controle dos pais.

Distribuição robusta

O novo Paramount+ estará disponível no site ParamountPlus.com e em smartphones e smart TVs, através do aplicativo Paramount+ para iOS e Android. O serviço também terá ampla distribuição nos principais parceiros latino-americanos, incluindo Mercado Livre, Claro Brasil, Vivo e Oi.

Lista de conteúdo 2021

Paramount+ será o centro de distribuição de um catálogo internacional massivo de mais de 5 mil horas de ampla variedade de títulos icônicos, com uma riqueza de entretenimento para públicos de todas as idades a um preço competitivo. Na América Latina, o serviço oferecerá um amplo mix de conteúdo premium global e local abrangendo todos os gêneros, com títulos da SHOWTIME® em mercados selecionados, títulos da Paramount Television Studios e CBS Studios, além de uma seleção diversa de dramas originais, filmes da Paramount e muito mais.

Os títulos que chegam ao serviço a partir de 2021

SHOWTIME

Na América Latina, o Paramount+ será a “casa” do SHOWTIME com estreias de produções exclusivas. Os títulos lançados em 2021 incluem Black Monday, City on a Hill, Your Honor, The Good Lord Bird, The Comey Rule e Escape at Dannemora, além de Dexter, Ray Donovan e The Affair .

As estreias do SHOWTIME previamente anunciadas com estreia na América Latina incluem American Rust e o antológico The First Lady, estrelado e produzido por Viola Davis (vencedora do Oscar®, Emmy® e Tony®), como a primeira dama Michelle Obama; Michelle Pfeiffer, indicada ao Oscar® e ao Emmy® e vencedora do Globo de Ouro®, como Betty Ford; e Gillian Anderson, vencedora do Globo de Ouro® e indicada ao Emmy®, como Eleanor Roosevelt .

Originais do Paramount+

O serviço oferecerá novas séries premium do Paramount+. Na América Latina, o Paramount+ apresentará a terceira temporada de Yellowstone, Two Weeks to Live com Maisie Williams e também The Handmaid’s Tale. Outras produções disponíveis no lançamento incluem Strange Angel e No Activity. Além disso, algumas estreias que serão lançadas em breve no Paramount+ são:

• The Man Who Fell to Earth, estrelado pelo indicado ao Oscar® e vencedor do BAFTA® Chiwetel Ejiofor, é baseado no romance de Walter Tevis de mesmo nome e no icônico filme estrelado por David Bowie. A série seguirá um novo personagem alienígena que chega a Terra em um determinado ponto da evolução humana e deve enfrentar seu passado para determinar nosso futuro.

• Mayor of Kingstown, Taylor Sheridan, apresenta um olhar sobre as maiores falhas dos EUA resumidas em uma cidade.

• Lioness do criador Taylor Sheridan.

• The Offer, série baseada no extraordinário produtor vencedor do Oscar® Al Ruddy, com experiências nunca reveladas de O Poderoso Chefão, um dos filmes mais lendários da história da Paramount, do escritor Michael Tolkin.

• Guilty Party, produzido pela CBS Studios.

• The Harper House, produzido pela CBS Studios.

• Halo

• Y: 1883

• Two Weeks to Live, estrelado por Maise Williams, escrito e dirigido por James Lafferty e Stephen Colletti (One Three Hill), que também estrelam o show, ainda inclui o hit indie Everyone is Doing Great,

Crianças e família

Lar de algumas das maiores franquias do mundo, incluindo Bob Esponja, As Tartarugas Ninja, Dora, A Aventureira e Patrulha Canina, o portfólio infantil do Paramount+ formado pela biblioteca da Nickelodeon oferece uma gama de novos conteúdos originais baseados nos personagens mais amados da história da marca. Em 2021, o serviço na América Latina contará com:

• Kamp Koral: SpongeBob’s Under Years – o primeiro spinoff de Bob Esponja. Kamp Koral é uma série original animada em CG que leva os espectadores de volta ao tempo em que os personagens icônicos da Fenda do Biquíni se encontraram pela primeira vez em um acampamento de verão.

• The Astronauts, a primeira coprodução do Nickelodeon Animation Studios com Imagine Kids + Family, é uma nova série live action que segue um grupo de crianças que embarca numa grande aventura quando são lançadas ao espaço por engano.

Filmes de sucesso

Na América Latina, Paramount+ contará com uma coleção de estreias de novos filmes, como The Father, indicado ao Globo de Ouro®, e The Outpost com Orlando Bloom, The Fanatic com John Travolta e franquias de sucesso como Missão Impossível e O Poderoso Chefão.

Destaques de comédia

A comédia é um dos gêneros líderes em serviços de streaming. Paramount+ oferece uma rica biblioteca dos melhores sucessos de comédia e franquias icônicas da América Latina, com títulos estreando em 2021, como a nona temporada de A Culpa é Do Cabral e tambem a última temporada Comedy Central Apresenta .

Reality shows

Paramount+ também contará com novas estreias de alguns dos formatos premiados de maior sucesso da MTV, incluindo algumas das maiores franquias da MTV, como De Férias Com o Ex Brasil, De Férias Com o Ex Brasil: A Treta Não Tira Férias e Are You The One? Brasil, além de um catálogo com sucessos como Jersey Shore, Ex on the Beach, Catfish e muito mais.

Busca por vacinas e termos relacionados a imunização contra o coronavírus aumentam

A chegada do novo coronavírus virou o mundo de cabeça para baixo. Nos vimos obrigados a ficar em casa para evitar a disseminação do vírus e evitar o sobrecarregamento do sistema de saúde no Brasil. Com altas taxas de contaminação, o mundo se voltou para a produção de vacinas capazes de imunizar as pessoas contra o vírus. Pensando no comportamento de buscas por informações a respeito desse assunto, a Semrush, uma plataforma SaaS de gerenciamento de visibilidade online e marketing de conteúdo, fez um levantamento para entender o crescimento da procura.

Levando em consideração as pesquisas em torno das vacinas, laboratórios e fabricantes de insumos para a produção do imunizante, o mais procurado, com uma média de 115 mil buscas no ano de 2020 foi Coronavac, a vacina que está sendo aplicada na maior parte do país. Em segundo, o mais pesquisado com 94 mil buscas foi Fiocruz, ou Fundação Oswaldo Cruz, o responsável por viabilizar a produção da vacina de Oxford no Brasil, que ocupa o terceiro lugar com 81 mil buscas em média durante o ano de 2020.

O quarto termo mais buscado foi Pfizer, o laboratório que também produziu a sua própria vacina e tentou negociá-la com o Brasil, com 64 mil em média em 2020. Em quinto lugar ficou o Instituto Butantan, com média de 42 mil buscas, por ser o principal parceiro de produção e distribuição da Coronavac no Brasil, além de ter feito uma parceria com um grande funkeiro para a produção de uma música em homenagem ao momento do início da vacinação no país. Em sexto ficou Johnson & Johnson, com 27 mil, outra empresa que fez a sua própria versão do imunizante contra o novo coronavírus.

Outra pesquisa de destaque foi pelo conjunto “vacina de Oxford”, com 19 mil buscas em média durante o ano de 2020. Essa foi uma das primeiras opções a fazerem parte do currículo de vacinas disponíveis para o nosso país. Seguido de Sinovac, com 17 mil buscas, na procura pelo laboratório responsável por fazer a coronavac e distribuí-la para o resto do mundo. Temos ainda o laboratório Sanofi com 15 mil buscas, que entrou mais recentemente no jogo das vacinas para concorrer com a Pfizer e a Biontech. E em décimo lugar com 10 mil buscas temos a farmacêutica GSK, que está desenvolvendo em parceria com a CureVac uma vacina para as novas mutações do coronavírus que já estão aparecendo ao redor do mundo.

Confira a lista completa:

1. Coronavac: 115 mil

2. Fiocruz: 94 mil

3. Oxford: 81 mil

4. Pfizer: 64mil

5. Instituto Butantan: 42 mil

6. Johnson & Johnson: 27 mil

7. Vacina de Oxford: 19 mil

8. Sinovac: 17 mil

9. Sanofi: 15 mil

10. GSK: 10 mil

*média mensal de buscas online de janeiro de 2020 a dezembro de 2020 no Brasil

“A rapidez para a produção imunizante está proporcionalmente ligada ao interesse que as pessoas têm em conhecer mais sobre como funcionam, quando vão estar disponíveis para a população e qual a sua eficácia. As buscas na internet têm sido uma aliada nesse momento de disseminação de informações em velocidades recordes. Um bom ranqueamento das informações no mecanismos de buscas de forma que o usuário encontra tudo com mais facilidade, ajuda a formar um pensamento crítico mais conciso e evita que as pessoas leiam fake news em sites menos confiáveis e disseminem esse conteúdo”, pontua Fernando Angulo Fernando Angulo, Head of Communications da Semrush.

Além da busca pelos imunizantes e as farmacêuticas, a procura dos usuários também girou em torno de termos relacionados a esse assunto. Começamos com o campeão em crescimento: “vacina de dose única” com um aumento de 610.00% se compararmos os dados de dezembro de 2020 com os de janeiro de 2021. Em segundo lugar temos as buscas por “duas doses de vacina” com o aumento de 433.33%. A quantidade de imunizante que será necessário tomar tem crescido, pois a população quer saber quando será possível vacinar um número significativo da população e controlar a disseminação aqui no Brasil, que ainda gira em torno de números alarmantes.

Em terceiro lugar ficou a busca por “vacina placebo” com aumento de 354.55% que é um dos passos dentro dos testes clínicos das vacinas no Brasil. Quando as opções de vacinas começaram a ser testadas aqui, uma parte dos voluntários que tomaram as doses dos testes, acabaram por tomar uma preparação neutra quanto a efeitos farmacológicos, que serve como base para comparações ao final dos testes. Logo após houve um crescimento de 284.62% nas buscas por “eficácia da vacina”, em tempos que é preciso comprovar 50% de eficácia para que uma vacina esteja apta a ser ministrada para a população.

A pesquisa relacionada que ficou em quinto lugar foi “vacina mata”, com o aumento de 170.27%. Apesar de o Brasil já ter erradicado doenças altamente contagiosas por meio de vacinas comprovadas cientificamente, o novo coronavírus levantou essa suspeita de que se vacinar poderia ser mais maléfico do que a própria doença. Empatados em sexto lugar temos o placebo outra vez com um aumento de 166.67% e o Instituto Butantan com a mesma porcentagem de aumento se compararmos os dados de dezembro de 2020 com janeiro de 2021.

Em sétimo lugar com o aumento de 163.16% a Semrush listou a “vacina é eficaz”, uma dúvida recorrente se levarmos em consideração a rapidez que os imunizantes tiveram que ser produzidos nos laboratórios e os testes clínicos que tiveram que acontecer mais rapidamente do que o usual. Em oitavo lugar temos “antivacina” com 127.27%, um movimento que vem ganhando adeptos há alguns anos e que prega que ninguém deve se vacinar pois isso traz mais malefícios do que benefícios ao nosso organismo. Mas como foi comprovado cientificamente há anos, a vacina é uma das soluções mais completas para a erradicação de doenças infectocontagiosas.

E por fim, o ranking é composto pelo aumento de 81.82%pelo termo vacina e 56.25% pelo termo “vachina”, uma alusão ao termo vacina e o país de origem da vacina mais comum aqui, a China. Houve uma certa desconfiança por parte da população que acredita que a vacina advinda do país oriental poderia causar outras reações adversas mais graves que o próprio coronavírus.

Ranking completo de aumento percentual de buscas:

1. Vacina dose única: 610.00%

2. Duas doses de vacina: 433.33%

3. Vacina placebo: 354.55%

4. Eficácia vacina: 284.62%

5. Vacina mata: 170.27%

6. Placebo: 166.67%

6. Instituto Butantan:

7. Vacina é eficaz: 163.16%

8. Antivacina: 127.27%

9. Vacina: 81.82%

10. Vachina: 56.25%

*média mensal de buscas online de dezembro de 2020 a janeiro de 2021 no Brasil

“Termos relacionados ao momento de produção de vacina no Brasil movimentou as buscas se compararmos o final do ano passado com o começo desse. É interessante observar como as buscas também representam as dúvidas mais comuns do usuário e refletem as informações, ou desinformações, divulgadas. Assim como também os problemas de escassez de dose. Exemplo disso é o aumento por termos como ‘eficácia da vacina’ ou ‘vacina dose única’. Fato é que, quando em dúvida, o usuário recorre à internet em busca de informação e ele precisa encontrar a informação correta e verdadeira.”, conclui Erich Casagrande, gerente de marketing Brasil da Semrush .

BR Distribuidora e Lojas Americanas anunciam joint venture no segmento de conveniência

A BR Distribuidora e a Lojas Americanas anunciam nesta quinta-feira (25/02) que fecharam parceria para a integração das lojas de conveniência BR Mania e Local, que será efetivada por meio da criação de uma nova sociedade, cujo capital social será detido pelas duas companhias. Ambas terão participações de 50% na nova empresa a ser constituída, que contará com estrutura profissional e de governança corporativa próprias.

Para a criação dessa sociedade, foi considerado um Enterprise Value de até R$ 995 milhões, que considera o aporte da Rede de Franquias BR Mania e das lojas Local. Além disso, a transação inclui um pagamento pela Americanas de até R$ 305 milhões, na forma de um aporte na nova empresa de aproximadamente R$ 252 milhões e um pagamento de até R$ 53 milhões de parcela variável à BR, com base em metas de performance. O objetivo é maximizar o desempenho operacional e financeiro dos negócios de conveniência Local e BR Mania, com base em metas de performance.

O modelo de operação, por sua vez, prevê tanto lojas franqueadas como operação própria dos pontos de venda. Atualmente a BR Distribuidora conta com aproximadamente 1.200 lojas no formato BR Mania, operadas por franqueados, e a Lojas Americanas possui 55 lojas próprias Local.

Com o negócio celebrado entre BR Distribuidora e Americanas será possível oferecer uma nova proposta de valor para consumidores, franqueados, revendedores e atendentes das lojas. A BR Distribuidora e a Americanas têm ativos e competências muito complementares para liderarem um ciclo de forte geração de valor e crescimento no segmento de conveniência e proximidade em lojas de rua.

A nova empresa já nascerá unindo a competência da BR Distribuidora como franqueadora e gestora da maior rede de postos do Brasil com a expertise e liderança da Americanas no varejo nacional. A parceria tem o potencial de capturar oportunidades nos cerca de oito mil postos da rede BR, presentes em todos os estados do país. Adicionalmente, poderá explorar o mercado de conveniência e proximidade em lojas de rua com ambição de oferecer mais opções e a melhor experiência do segmento para os consumidores.

Para os franqueados, a sinergia gerada pela parceria cria um leque de soluções e serviços que vão desde o sistema de compras, logística e abastecimento, gestão de categorias, estratégia promocional, inteligência de expansão, gestão e tecnologia que melhorará a proposta de valor e resultados em suas operações.

A formalização da parceria e fechamento da operação depende do cumprimento de condições usuais para transações desta natureza, incluindo a obtenção de autorização pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Ivete Sangalo é a estrela da primeira campanha da Huawei no Brasil

Cantora dá o pontapé inicial da campanha nesta quinta, 25, estrelando filme em TV aberta

Após 23 anos no Brasil, a Huawei estreia sua primeira campanha publicitária no país. Com o mote: “Parceiros no Presente, Parceiros no Futuro”, a iniciativa reforça o trabalho da multinacional no país, e aproxima ainda mais a marca dos brasileiros. Para isso, a garota-propaganda escolhida é uma das artistas que mais representa o Brasil, a cantora Ivete Sangalo.


O lançamento oficial da ação vai ao ar na TV nesta quinta-feira (25). O filme, com scripts de 30″ e 60″, traça um paralelo entre a presença da artista no passado, no presente e no futuro dos brasileiros com a trajetória da Huawei no Brasil, desde 1998 até o que pode vir pela frente. Assim, teremos três “Ivetes” – passado, presente e futuro – interagindo entre si no palco de um show. Em segundo plano, um telão de LED vai mostrar cenas representando as iniciativas da multinacional no Brasil, como projetos, trabalhos e contribuições da empresa para o desenvolvimento e a infraestrutura do país.

“Não poderia estar mais feliz com essa parceria. Gravamos uma campanha belíssima e repleta de tecnologia, com certeza as pessoas vão adorar, assim como eu”, destaca Ivete Sangalo. “Fiquei muito feliz com o convite de poder representar nosso país para uma marca multinacional, que tem crescido muito não só no Brasil, mas em todo o mundo. O Brasil é um país com muito potencial tecnológico e fico grata de poder caminhar junto com uma empresa que acredita no nosso país”, completa.


A campanha foi idealizada a partir de necessidade de mostrar que a Huawei, mais do que oferecer inovação e tecnologia de ponta, tem um histórico de parceria com o Brasil e vem investindo no país há mais de duas décadas, criando oportunidades, gerando empregos e promovendo a inclusão digital. Os programas de capacitação profissionalizante que a multinacional oferece, por exemplo, já treinaram mais de 30 mil brasileiros nos últimos cinco anos.
“Mais do que oferecer tecnologia de ponta e inovação, a Huawei tem um histórico de parceria do Norte ao Sul do Brasil. Com a evolução da tecnologia 4G para 5G, é chegada a hora de construirmos a parceria do futuro. Estamos com o Brasil nessa revolução digital e queremos que os brasileiros estejam com a gente”, afirma Guo Yi, Vice-Presidente da Huawei Brasil.


Além do filme para a TV com a cantora, a campanha inclui mídia OOH (Out of Home), mídia digital, posts nos canais oficiais da Huawei BR ( Instagram,Facebook,Youtube), um time de embaixadores, uma websérie de 10 capítulos contando a história da empresa no Brasil sob o ponto de vista de brasileiros que participaram da história da companhia por aqui e uma landing page que reúne ações e iniciativas que sustentam a parceria da Huawei com o desenvolvimento do Brasil.


“É um desafio muito positivo planejar a primeira campanha institucional da marca no país. É uma empresa que já está no nosso dia a dia há mais de duas décadas e o foco foi contar essa história de uma forma humanizada, próxima e criativa, assim como é a trajetória da Huawei no Brasil e para os brasileiros”, explica Jaderson de Alencar, Sócio-Diretor de Estratégia na FSB, agência que assina a criação da campanha.

HBO Max nomeia Leonardo Sampaio para o cargo de vice-presidente de estratégia comercial e novos negócios para a América Latina

A WarnerMedia, uma divisão da AT&T Inc, anunciou hoje que Leonardo Sampaio foi nomeado Vice-Presidente de Estratégia Comercial e Novos Negócios para a América Latina da HBO Max. Ele responderá a Jose Calderoni, líder de Growth Marketing da HBO Max Latin America, e será responsável por supervisionar a distribuição, a estratégia comercial e os novos negócios da HBO Max, a plataforma de streaming da WarnerMedia na América Latina e no Caribe. A previsão é que a HBO Max seja lançada nestes mercados no fim de junho.

Sampaio vai liderar o desenvolvimento e a execução de estratégias comerciais durante as fases de planejamento, lançamento e crescimento da HBO Max na América Latina, complementando a proposta de streaming direto para o consumidor com uma robusta distribuição B2B. Sampaio trabalhará em sintonia com Jorge Carey, Líder de Distribuição da WarnerMedia Latin America, cuja equipe conduzirá o relacionamento com MVPDs, empresas de telecomunicações e comunicação móvel em nome da HBO Max. Seu principal foco será aumentar o número de assinantes e ampliar o engajamento, diferenciando o produto HBO Max e a experiência oferecida pelos conteúdos por meio de parcerias estratégicas e integrações com distribuidores, fabricantes de dispositivos, plataformas de pagamento, varejistas, marcas e fornecedores de serviços.

Recentemente Sampaio foi Diretor de Novos Negócios na América Latina da Netflix, onde foi responsável por firmar parcerias com provedores de internet, operadoras de TV por assinatura, companhias de telefonia móvel, eletroeletrônicos e o comércio varejista, promovendo o aumento das aquisições e o engajamento do serviço global de streaming. Antes de trabalhar na Netflix, Sampaio foi Diretor de Inovação e Novos Negócios da Oi, Diretor de Marketing do grupo francês de mídia SDGB (Angola) e consultor de Estratégia e Desenvolvimento da BBC World Service Trust na Inglaterra.

LLYC anuncia Carlos Melo como Conselheiro no Brasil

A LLYC, consultoria global de comunicação e assuntos públicos, passa a contar com o professor e cientista político Carlos Melo como seu conselheiro na operação do Brasil. Com grande experiência nos temas de estratégia e cenários políticos, Carlos Melo contribuirá com a frente de assessoramento e advisory em assuntos públicos para os clientes da LLYC, tanto no Brasil como no exterior.

Professor do Insper há mais de 20 anos, pesquisador, comentarista em programas de rádio e TV e colaborador em jornais, o professor contribuirá com a LLYC em análises de cenários políticos e consultoria para clientes brasileiros e companhias multinacionais com negócios no país.

“A área de contexto econômico, político e assuntos públicos é uma das especialidades mais fortes da LLYC no mundo. Com a chegada do professor Carlos Melo como conselheiro, impulsionamos essa oferta de serviços de alta relevância estratégica para os clientes”, afirma Cleber Martins, sócio e diretor geral da LLYC no Brasil.

Carlos Melo destaca a importância cada vez maior da análise política bem embasada para a tomada de decisões do mundo corporativo. “Quero contribuir com minha experiência para ajudar no entendimento do complexo cenário brasileiro. A LLYC é muito reconhecida pela sua produção de conteúdo e análises e pelo alto nível de sua rede de conselheiros. É um ambiente muito estimulante para trabalharmos em parceria”, afirma.

Com 16 operações na Europa e na América, a LLYC conta hoje com mais de 70 conselheiros, profissionais altamente reconhecidos em suas diversas áreas de atuação, no setor acadêmico e de negócios, que contribuem com sua visão e seu conhecimento para os grandes desafios de seus clientes. No Brasil, também fazem parte do Conselho local nomes como os de Ricardo Monteiro, ex-Presidente da Havas Worldwide, e Francisco Bulhões, consultor e ex-diretor de Comunicação e Sustentabilidade do Grupo CCR.

A área de Assuntos Públicos é uma das que mais crescem na LLYC nos seus mercados. Em 2020, a empresa adquiriu a consultoria espanhola Diplolicy, especializada em assuntos públicos, relações institucionais e análise de inteligência competitiva, e entrou no capital da beBartlet, consultoria de public advocacy.

Vibra reforça seu time estratégico

A Vibra, startup de inovação do Grupo Bandeirantes de Comunicação, desenvolveu ao longo do último ano um ecossistema com foco em resultados para a geração de novos modelos no âmbito digital. Para isso, reforça o seu time com as contratações de Felipe Ventura, novo Head de Estratégia Editorial, e Leonardo Bellizia que assume o cargo de Gerente do marketplace Na Prateleira.

Felipe Ventura chega a Vibra como Head de Estratégia Editorial. Sendo sua principal atribuição acelerar a transformação digital do Grupo Bandeirantes, com a missão de atuar em conjunto com as verticais de conteúdo e no desenvolvimento de formatos e produtos exclusivos para o ambiente digital.

Com vasta experiência no meio digital, Felipe fundou o canal de humor social DRelacionamentos e o transformou em uma empresa especializada em entretenimento e branded content. Em 2019 coordenou a estratégia de conteúdo digital de Malhação (TV Globo), além de ter atuado em grandes players de tecnologia como Youtube e Facebook.

Já Leonardo Bellizia chega para implementar e gerenciar o novo marketplace “Na Prateleira”, projeto criado e desenvolvido pela Vibra. Com passagens pela B2W, Puket, Walmart e TOTVS, possui mais de 15 anos de experiência em diferentes segmentos de e-commerce (B2C, B2B e Marketplace).