Perfil do consumidor mobile: entenda a importância de conhecer seu público

Perfil do consumidor mobile: entenda a importância de conhecer seu público

O comportamento de compra do consumidor vêm sofrendo constantes mudanças, principalmente, com a inserção das novas tecnologias. Na era da influência digital, vemos que as pessoas passaram a dar mais credibilidade ao que as outras dizem. O que era de um para um, passou a ser de um para muitos. Assim, o depoimento de um cliente pode influenciar toda uma cadeia de processos de uma empresa e inspirar, ou não, outro usuário a usar os serviços de determinada marca.

Um estudo realizado pela RankMyApp, empresa especialista em inteligência de marketing e aquisição para mobile apps, em parceria com a Opinion Box em 2020, mostrou os principais fatores que influenciam na hora de baixar um aplicativo. Segundo levantamento, 95% dos usuários consideram as avaliações nas lojas de apps, antes de baixar um aplicativo. Para a maioria (31%), as redes sociais são fundamentais e as indicações de amigos e anúncios também influenciam, com respostas equivalentes a 26% e 20%, respectivamente.

Um dos saltos mais importantes no comportamento de compra que vimos nos últimos anos, principalmente devido à pandemia, foi, justamente, o uso dos aplicativos. E com o avanço da tecnologia e a criação de muitas empresas nativas digitais, entender o perfil do consumidor mobile, tornou-se quase uma obrigação das companhias.

Panorama do consumo mobile no Brasil
 

“Segundo o nosso estudo, quando categorizado pelos aplicativos mais utilizados, as redes sociais vêm em primeiro lugar com 14% da preferência, seguidos por serviços de delivery (11%), bancos e investimentos (10%) e apps de carona (10%). Atualmente no Brasil, cerca de 75% das pessoas que possuem um smartphone, fazem ou já fizeram compras por aplicativos em algum momento” explica Leandro Scalise, CEO da RankMyApp.

Quando os dados são filtrados para quem realiza compras todos os meses, o estudo revela que 57% das pessoas têm esse hábito. Destes, 75% do público masculino e 54% do feminino. Ainda é possível destacar que desse total, 91% dos consumidores têm entre 25 e 29 anos, e 65% residem no Sudeste brasileiro.

Perfil dos consumidores que não consomem via mobile

É importante se atentar ao público que não consome via mobile no Brasil, para que possamos traçar estratégias que possam contemplar a dor desse cliente e, assim, aumentar a participação no mercado.
 

A principal razão para a não realização de compras via mobile dos consumidores, é em sua grande maioria (52%) por não terem cartões de crédito. Este dado é seguido por não confiarem em compras pelo app (33%), não acharem prático (10%) e por pessoas que compram pouco on-line (5%).

O que os consumidores buscam nos aplicativos de compras

Entender o que os consumidores que utilizam os aplicativos querem comprar, também é uma ferramenta importante para traçar a estratégia de sua empresa.
 

A busca masculina em itens relacionados com a própria aparência têm se destacado nos últimos anos. Pesquisas relacionadas a roupas e acessórios masculinos correspondem a 14% do total.

As demais buscas são:

  • eletrodomésticos e eletroportáteis (12%);
  • alimentos e refeição (11%);
  • cosméticos de saúde e beleza (10%);
  • livros (8%);
  • e utensílios domésticos (8%).

“Portanto, entendero perfil do seu consumidor e suas preferências são excelentes estratégias para alavancar os negócios. Com o crescimento exponencial da utilização dos apps para compras, e com o mercado mobile aquecido e em plena expansão, o caminho para o sucesso das companhias é traçar estratégias para consolidar a marca e se adequar às novas tecnologias, oferecendo a melhor experiência de atendimento ao cliente”, finaliza o especialista.

Comments are closed