Investimento das marcas nas redes sociais aumenta 56%, revela estudo inédito

Socialbakers, plataforma líder global em soluções para a otimização de performance corporativa em redes sociais, disponibilizou o novo relatório abrangente sobre Tendências de Mídia Social sobre o terceiro trimestre de 2020. O estudo revela que, apesar dos turbulentos três quartos de ano com muitos desafios por conta do coronavírus, os gastos em anúncios em mídias sociais aumentaram acentuadamente no período em comparação com os níveis pré-pandêmicos, sendo liderados por um maior investimento do comércio eletrônico. Os dados da Socialbakers sinalizam uma confiança saudável entre os profissionais de marketing na eficácia dos canais digitais. Outros insights do relatório incluem as regiões e setores que estão mostrando uma recuperação mais forte em publicidade, um aumento global significativo no custo por clique (CPC), uma mudança na atenção do público para canais digitais e o aumento do uso do Facebook Live e mais vídeos como formatos de melhor desempenho.

“Mais do que nunca os consumidores de hoje estão digitalmente inquietos. A rápida mudança para o digital apresenta um desafio e uma oportunidade para as marcas. Os dados de investimento em anúncios em mídias sociais no terceiro trimestre da Socialbakers nos mostram que empresas experientes estão dobrando o valor investido em publicidade no Facebook e no Instagram”, diz Yuval Ben-Itzhak, CEO da Socialbakers. “Somente na América do Norte as marcas investiram 61% mais no terceiro trimestre do que no segundo, principalmente devido ao retorno da confiança, à medida que os consumidores passam mais tempo se engajando e comprando online”, completa.

Investimento em anúncios em redes sociais globais dispara 56,4% no terceiro trimestre de 2020

Em comparação com o segundo trimestre, o investimento feito em anúncios em mídias sociais em todo o mundo aumentou 56,4% no último trimestre. Isso mostra que o valor médio global do período quase dobrou em comparação ao que era durante o ponto mais baixo da pandemia, que foi o final do mês de março. O maior aumento foi registrado na América do Norte, onde o valor aplicado em publicidade aumentou 61,7%. Outras regiões com grande crescimento incluem América Central (até 55,6%) e Europa Ocidental (até 50,4%). O valor médio em propaganda da indústria aumentou 38,9%, com grandes saltos da indústria de alimentos (aumento de 61,3%), automóveis (aumento de 59,4%), finanças (aumento de 35,3%) e comércio eletrônico (aumento de 27,5%).

Olhando para todas as marcas, o investimento em publicidade foi 27,6% maior no terceiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com o estudo. No geral, o investimento em publicidade em 2020 caiu abaixo dos níveis de 2019 nos primeiros meses da pandemia – março e abril -, mas em maio superou o ano anterior e permaneceu à frente até o terceiro trimestre.

CPC atinge maior valor desde 2019

O custo por clique mundial aumentou 42,4% no terceiro trimestre, em comparação com o final de junho. Em US$ 0,168, o CPC (custo por clique) global está agora em seu ponto mais alto desde o final de 2019. Entre as regiões que viram aumentos significativos de CPC estão a América Latina (aumento de 44,8%), Europa Ocidental (aumento de 30,8%) e América do Norte (aumento de 19,5%). Para todas as contas de marca, o CPC subiu 32,1% chegando a US$ 0,140, ​​o maior desde dezembro de 2019.

“Se os insights do terceiro trimestre nos mostram algo, é que as marcas precisam se certificar de se articularem rapidamente para seguir as tendências de consumo em direção ao digital”, comenta Ben-Itzhak. “As marcas que mais rapidamente focarem em entregar uma excelente experiência à sua audiência serão as que estarão no topo amanhã”, completa o CEO da Socialbakers.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *