Home Office dispara e requer cuidado com a autoimagem

Home Office dispara e requer cuidado com a autoimagem

Com a pandemia instalada pelo novo Coronavírus, o home office passou a fazer parte da vida de muitos profissionais que precisaram se adaptar para continuar trabalhando. Uma das preocupações que afeta os profissionais que estão em home office, além de manter a produtividade, é o cuidado com a auto imagem.

De acordo com o coordenador do curso de consultoria de imagem do Centro Europeu, Pablo Inísio, o ideal é manter o código de vestimentas – o chamado dress code – da empresa durante o home office. “Cuide da sua imagem como se fosse trabalhar fora, principalmente se estiver exposto por videoconferência”, explicou.

Segundo ele, o profissional de home office também deve estar atento ao cenário de trabalho. “Para o seu rendimento profissional, o ambiente ao seu redor deve ser agradável aos olhos, organizado”.

Pensando em estar sempre apto e satisfeito com a imagem profissional que é transmitida, o trabalho do consultor de imagem pode ajudar e muito. O consultor ajuda na escolha de cores, como realçar a beleza natural e auxiliar a definir um estilo pessoal marcante

“Além disso, o consultor de imagem orienta sobre modelagem de roupas, cor do cabelo que cai melhor para cada estilo de pessoa e também ajuda nas compras, fazendo com que a pessoa opte por peças essenciais, comprando menos”, explica Inísio.

Consultoria de Imagem por Home Office

Os profissionais que atuam na área de consultoria de imagem têm a possibilidade de trabalhar em diferentes plataformas gratuitas com os seus clientes, online. “Atualmente, toda a parte investigativa, os diagnósticos e as sugestões de estilo podem ser facilmente feitos por videoconferências. Em tempos difíceis surgem novas oportunidades para inovar na carreira”, reforça Inísio.
A consultora e professora do Centro Europeu Márcia Crivorot é um exemplo. Ela atua online atendendo clientes de todo o Brasil, Europa e Estados Unidos. Os alunos da escola em Curitiba – que cursam consultoria de imagem – têm contato com vários professores atuantes que lançam ferramentas digitais para continuar as atuações de forma digital.

Mercado cresce na pandemia

O trabalho em casa foi estratégia adotada por 46% das empresas durante a pandemia, segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise covid-19. O estudo elaborado pela Fundação Instituto de Administração (FIA) coletou, em 2020, dados de 139 pequenas, médias e grandes empresas que atuam em todo o Brasil.

O percentual de companhias que adotou o teletrabalho durante a quarentena foi maior no ramo de serviços hospitalares (53%) e na indústria (47%). Entre as grandes empresas, o índice das que colocaram os funcionários em regime de home office ficou em 55% e em 31%, entre as pequenas. Um terço do total das empresas (33%) disse que adotou um sistema parcial de trabalho em casa, valendo apenas em alguns dias da semana.

De acordo com o estudo, 41% dos funcionários das empresas foram colocados em regime de home office, quase todos os que teriam a possibilidade de trabalhar a distância, que somavam 46% do total dos quadros. No setor de comércio e serviços, 57,5% dos empregados passaram para o teletrabalho, nas pequenas empresas o percentual ficou em 52%.

Serviço:

O Centro Europeu – maior escola de profissões da América Latina – oferece curso de “Consultoria de Imagem”. Para mais informações ou para fazer a matrícula visite o site http://centroeuropeu.com.br ou ligue (41) 3233-6669.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.