Divino Fogão apresenta projeto de dark kitchen na ABF Franchising Expo 2022

Divino Fogão apresenta projeto de dark kitchen na ABF Franchising Expo 2022

Foto: Hilton Souza

Sabemos que o mercado brasileiro é resiliente e busca em momentos delicados por soluções para atender o consumidor de acordo com os cenários vividos. Seguindo essa premissa, o Divino Fogão, rede com 199 pontos de vendas, se fortaleceu no segmento de Food Service nos últimos anos. Com um sistema de buffet que permite ao consumidor optar por receitas de acordo com seu perfil de alimentação, a rede espera crescer 10% e abrir 20 novas operações em 2022. Há 37 anos no mercado, a marca participa da maior feira de franquias da América Latina, a ABF Franchising Expo 2022, entre os dias 22 e 25 de junho, no Expo Center Norte, na capital paulista.

“Passamos os últimos dois anos com a indefinição de como o comércio iria reagir com a chegada da Covid-19, porém com a volta das atividades presenciais, notamos que um reaquecimento do setor de alimentação fora do lar, se comparado com o período pré-pandemia. Isso mostra que as empresas desenvolveram novos produtos, negócios e sistemas capazes de atender um público diferenciado, que surgiu entre 2020 e 2022, sem deixar de atualizar a principal atividade da empresa. No caso do Divino Fogão, por exemplo, reforçamos ainda mais o core do negócio, que é o sistema buffet. Além disso, implantamos o delivery, que se tornou um complemento importante para o faturamento das operações, principalmente com o fechamento dos shoppings centers”, comenta Reinaldo Varela, fundador e presidente do Divino Fogão.

Com um buffet diversificado, a rede oferece pratos tradicionais da fazenda e um cardápio variado com cerca de 32 pratos quentes e 15 opções de saladas diferentes todos os dias, além de diversos tipos de carnes, frango e peixes grelhados, todos feitos na hora, e vários tipos de sobremesas. Com investimento a partir de R$ 800 mil, o novo franqueado conta com um sistema de gestão, projeto arquitetônico e auxílio de uma equipe especializada para ajudar com a implantação da operação.

Foi durante a pandemia que a marca enxergou o poder do delivery. Dessa forma, houve um investimento em dark kitchens, um projeto de licenciamento 100% voltado para as entregas em domicílio. Para esse ano, a rede pretende abrir 20 novos pontos de vendas, sendo 10 restaurantes físicos e 10 de cozinhas invisíveis. O plano de expansão é nacional, mas a marca planeja implantar novas unidades, principalmente, no Rio de Janeiro, Minas Gerais e estados que compõem a região Norte do Brasil. Já para os negócios destinados à entrega em domicílio, a oportunidade é para todas as regiões brasileiras que não contam com uma loja física da marca conhecida pela comida da fazenda.

“Nos últimos dois anos, conseguimos enxergar um novo nicho dentro do negócio, que foi o delivery. Pensando nisso, criamos, em parceria com a Guersola Consultoria, o projeto de dark kitchen, um licenciamento de marca e receitas destinado a empresários que já atuam no setor de alimentação e que têm um tempo ocioso na cozinha. A iniciativa visa aumentar o faturamento dos negócios e aproveitar 100% o funcionamento da cozinha. Para o Divino Fogão, o projeto permite ingressar em praças que ainda não operam com restaurantes físicos, além de ampliar o acesso dos consumidores aos principais pratos, oferecendo outras opções de itens para almoço e jantar. Dessa forma, somos atuantes no delivery, tanto nas regiões onde as operações da marca estão presentes quanto em cidades que possuem potencial, mas que estão distantes de grandes centros”, explica Varela. O investimento para ser licenciado do modelo de cozinha invisível é de R$ 17,5 mil, sendo que os valores são destinados à compra de insumos para produção, uso de marca, embalagem, marketing e treinamento.

Ficha técnica Divino Fogão:

Ano de fundação da empresa: 1984

Ano de início no sistema de franquias: 1994

Número de unidades em funcionamento no Brasil: 199 pontos de venda

Investimento inicial: a partir de R$ 800 mil

Taxa de franquia: R$ 80 mil

Capital de giro: R$ 50 mil

Royalties: 4% sobre o faturamento mensal

Taxa de publicidade: 1%

Área mínima: 36 m²

Nº de funcionários: 14 funcionários por unidade, em média

Faturamento bruto: R$ 220 mil

Lucro líquido: em torno de 15% a 18%

Prazo de retorno: 36 meses

Prazo de contrato: 5 anos

Projetos de expansão: todo o território nacional

Telefone: (11) 3811-1560

Comments are closed