Anúncios geolocalizados em redes sociais triplicaram em 2021

Anúncios geolocalizados em redes sociais triplicaram em 2021

A integração das vendas presenciais com as digitais tem se consolidado no varejo, e muitas marcas passaram a investir em estratégias para encontrar e conectar clientes por meio das redes sociais. Segundo o Social Selling Review 1ª edição – A Revolução da estratégia no mercado brasileiro, produzido pela retailtech Bornlogic, o volume de anúncios geolocalizados em redes sociais mais que triplicou em 2021, totalizando um crescimento de 205% em relação à 2020. Foram 597 mil publicações em 2020 contra 1,8 milhão em 2021, feitas por mais de 50 empresas que conectam os consumidores diretamente aos vendedores locais por meio da plataforma Bornlogic, cuja solução impulsiona a comunicação feita pelas próprias lojas nas redes sociais. O estudo completo pode ser acessado no site.

Entendendo o potencial de conteúdos regionalizados para atingir com mais eficiência seus clientes, as marcas dobraram os investimentos em relação a 2020. O crescimento tanto em volume quanto em investimento foi registrado em todas as datas comemorativas. O Dia das Mães teve o maior crescimento em volume investido quando comparados os dois anos, um incremento de 335%. Já o Dia dos Pais teve o maior aumento na quantidade de anúncios, com 468% mais publicações do que no ano anterior.

“Enquanto o social commerce usa as redes sociais para efetivar uma compra online, o social selling busca o contato pessoal do consumidor, direto com a equipe da loja. Isso permite a construção de um relacionamento mais duradouro e um atendimento mais efetivo, uma vez que o cliente pode tirar todas as dúvidas que poderiam fazê-lo desistir da compra, por exemplo” afirma André Fonseca, CEO da Bornlogic. “A comunicação regionalizada funciona ainda melhor nessa conexão porque permite que as necessidades mais próximas do dia a dia de cada pessoa sejam atendidas, em vez de uma propaganda generalizante”.

Despertar esse sentimento de pertencimento se tornou foco de muitas marcas, que passaram a investir mais em conteúdos para regiões fora do Sudeste (onde geralmente são produzidas as campanhas de publicidade nacionais). Rondônia, por exemplo, foi o estado que registrou maior crescimento em investimentos nos anúncios regionalizados, um aumento de 550% em um ano.

Quando se trata de mercado, os varejistas do segmento de eletrônicos investiram pesado em conteúdos para as redes sociais. O crescimento no investimento em 2021 foi de 20.321% em relação a 2020.

“Vendedores ‘influencers’ devem ganhar cada vez mais espaço nas estratégias de marketing digital das empresas. Isso porque o consumidor se vê representado naquela pessoa, que fala a mesma linguagem e pode ser consultada no dia a dia e até presencialmente. Essa afinidade constrói uma forte ligação entre marca e cliente, que sabe que pode contar com algo específico para seu cotidiano”, conclui Fonseca.

Comments are closed