7 dicas para blogueiros aumentarem organicamente seu público atuando com ‘guest blogging’

No mercado de marketing de afiliados, o marketing de atração é um dos métodos mais consistentes para quem deseja construir uma base de clientes de forma orgânica, sem precisar gastar nada com isso. Uma maneira de colocar em prática esta modalidade de marketing é por meio do ‘guest blogging’, que é quando um profissional atua como produtor de conteúdo para um blog de outra pessoa e, em troca, recebe a possibilidade de incluir dentro do texto um link redirecionando para o seu próprio blog. Estudos de caso comprovam que, quando aplicado da maneira correta, o guest blogging é capaz de incrementar em 20% o tráfego de um blog ou website

Embora pareça uma tarefa simples, existem dicas importantes a serem seguidas para ser bem sucedido nesta prática. Javier Gomez, Head of Publishers da Awin no Brasil, explica que o guest blogging não é uma solução de resultado imediato. “Quando mais guests posts bem escritos você produzir e enviar para os blogs publicarem, maior será o seu retorno. Mesmo que usuários interessados no seu negócio não apareçam de imediato, os números provam que o guest blogging é um método bastante eficaz de ganhar seguidores”, explica.

Outra dica dada pelo executivo é de interagir com todos os leitores que comentarem no seu post. “Essa também é uma boa maneira de criar um relacionamento com esse novo público, por isso, não o negligencie. O dono do blog também estará mais inclinado a aceitar guest posts de você no futuro, se você dedicar algum tempo interagindo com seus leitores”, acrescenta.

Se interessou? Então confira mais 7 dicas da Awin, rede de afiliação que conecta consumidores com marcas em mais de 180 países, de como deve ser o passo a passo para utilizar o guest blogging com sucesso.

1) Elabore um texto de qualidade

O primeiro requisito para quem deseja colaborar escrevendo para blogs é o de apresentar um texto de qualidade. Este conteúdo precisa se equiparar à qualidade dos outros posts publicados no site e não dar a impressão de estar descontextualizado, fora do lugar. Como guest blogger, é totalmente aceitável ter sua própria voz e escrever em seu próprio estilo, mas desde que se encaixe nas diretrizes do site. O assunto deve ser de relevância para leitores e estar livre de erros gramaticais e ortográficos. É preciso também que o texto seja fundamentado e apoiado por pesquisas, estudos, estatísticas de fontes confiáveis (a menos que o dono do blog não exija este embasamento).

2) Pesquise blogs relacionados com a sua indústria

Se você tem trabalhado produzindo conteúdo para outros blogs de maneira recorrente, esquematize as informações em uma planilha, listando os nomes dos sites, os detalhes de contato e os links para as suas diretrizes (adicionar quais guest posts você enviou e se eles foram aceitos também pode valer a pena). Para encontrar blogs relevantes que aceitem guest blogs, faça uma pesquisa usando seu nicho e as palavras-chave “guest blogging”, “guest post” ou algo semelhante.

3) Encontre blogs que tenham boa audiência

Depois de listar esses itens, tente descobrir quanto tráfego o site recebe usando uma ferramenta on-line de contagem de audiência, como por exemplo, o SimilarWeb. Se você já está na indústria há algum tempo, provavelmente já conhece alguns dos maiores sites com boa reputação. Estude-os e veja com que frequência os guest posts aparecem. Há muitos sites que estão clamando por novos conteúdos, mas se a audiência deles for baixa, fuja deles: o esforço não valerá a pena.

4) Convença o dono do blog da sua relevância

Blogs com boa reputação recebem dezenas de solicitações de guest bloggers semanalmente, então é preciso conseguir se destacar na multidão. Se você está apenas começando, com pouca visibilidade on-line, então será preciso começar escrevendo para sites menores. Conforme for fazendo isso com mais frequência, você começará a criar seu portfólio que, futuramente, será a porta de entrada para os sites mais expressivos. Com isso em mente, é importante não negligenciar o conteúdo de seu próprio blog ou website. Adicione postagens de boa qualidade regularmente ao seu próprio site e comece a construir sua reputação por conta própria.

5) Escolha o assunto mais pertinente

Outra maneira de se destacar entre tantos guest bloggers é escolher um tópico ainda pouco explorado por blogs, mas que pode configurar uma tendência de mercado. Ofereça esta visão ao dono do blog, destacando a urgência em falar sobre este material e, em seguida, argumente por que você é a melhor pessoa para escrever este post.

6) Seja um especialista

Se você está focado em vender produtos ou serviços de afiliados dentro de uma determinada indústria, faça disso o seu negócio para se tornar um especialista dentro do nicho. Isso te ajudará e servirá de argumento para que você seja aceito como guest blogger.

7) Inclua um link para uma página em seu website

Por fim, com o texto pronto, é hora de escolher qual o melhor lugar para inserir o link para o seu próprio site. Este local precisa ser relevante para os leitores do blog. Eles estarão mais propensos a permanecer no site, inscrever-se para sua oferta ou ler seus blogs se for direcionado para as necessidades deles. Certifique-se de que sua assinatura é interessante e atraente para o leitor, ao mesmo tempo em que oferece a ele um motivo para dar uma olhada no seu próprio site. Afinal, esse é o seu cartão de visitas.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.